SMLE3 - Smiles


#1

Na Smiles, incorporação pela Webjet gera lucro na veia
Geraldo Samor

Num presente para os acionistas minoritários de sua empresa de fidelidade, a GOL está propondo que a Webjet incorpore a Smiles, uma operação que permitirá aos acionistas da última se apropriar de uma enorme vantagem fiscal.

A Webjet — uma antiga companhia aérea 100% controlada pela GOL que deixou de voar em 2013 — tem um prejuízo acumulado de cerca de R$ 800 milhões até a data de hoje, mas o plano apresentado pela GOL é de que apenas R$ 560 milhões sejam aproveitados.

Explica-se: a Gol anunciou a compra da Webjet em meados de 2011, mas a operação só foi aprovada pelas autoridades cinco meses depois. Como não há clareza sobre a data a partir da qual os prejuízos podem ser aproveitados para efeito fiscal, a Gol decidiu excluir o prejuízo gerado nos cinco meses em que a operação estava pendente de aprovação.

“Escolhemos o caminho mais conservador,” diz o CFO da Smiles, Marcos Pinheiro.

A Lei das SA estabelece que uma empresa pode aproveitar o prejuizo fiscal de uma controlada desde que duas coisas não aconteçam ao mesmo tempo: a mudança do objeto social da empresa e de seu controle acionário.

O objeto da Webjet vai mudar — de empresa de participações para empresa de fidelidade — mas, graças ao desenho da operação, o controle acionário continuará dentro do mesmo grupo.

Após a incorporação da Smiles, a Webjet passará a se chamar Smiles Fidelidade, uma empresa com exatamente a mesma estrutura acionária que a Smiles tem hoje.

Assumindo uma alíquota de imposto de renda de 34%, a operação vai gerar um lucro de R$ 189 milhões para a Smiles neste ano fiscal, ou R$ 1,54 por ação. Como a Smiles distribui 100% de seu resultado, isso significa um dividend yield extra de 2,5%. Para efeito de comparação, o lucro da Smiles em 2016 foi de R$ 550 milhões — ou seja, o lucro advindo da incorporação equivale a cerca de 34% do resultado do ano passado.

A incorporação também vai permitir que a Smiles passe a distribuir dividendos trimestralmente e aumente os pagamentos de juros sobre o capital próprio (JCP). Hoje, a reserva de capital da companhia é de apenas R$ 50 milhões, o que limita os pagamentos de JCP. Depois da incorporação, a reserva de capital subirá para R$ 350 milhões.

Apesar da GOL ser dona de 100% da Webjet e de apenas 53,74% da Smiles, a Smiles vai se aproveitar de todo o benefício fiscal, beneficiando seus minoritários. “A Gol abriu mão disso porque não teria como aproveitar de outra forma,” diz o CEO da Smiles, Leonel Andrade. “E a Gol vai acompanhar o voto dos minoritários da Smiles, que são quem vai decidir a operação."


#2

Por que a Smiles está rindo por último
Mariana Barbosa

http://www.braziljournal.com/por-que-a-smiles-esta-rindo-por-ultimo


#3

#4

A GOL se meteu na Smiles — e deu um tiro no pé
Geraldo Samor

http://braziljournal.com/a-gol-se-meteu-na-smiles-e-deu-um-tiro-no-pe


#5

Lembro do bastter falando que um dia isso iria acontecer…kkkkkkkkkkkkkkkkkkk


#6

#7

Foram rápidos em copiar a Multiplus.


#8

Nesta caso é pior ainda, pois querem incorporar os acionistas da Smiles a Gol.


#9

Putz!


#10

Caramba 38% em uma cacetada só, bem complicado, estou em MPLU3 com pm em 27,86 e já estava achando ruim por causa da enrolação.


#11

Para os mais experientes, essa história não é uma migué para lançar uma OPA com um descontão pra GOLL? Porque vi que vai passar por assembleia e isso dificilmente vai ser aprovado.


#12

Eu não sei, mas eu depois de perder muito na crise de 2008, fiquei mais receoso com setores…

Quando a Dilma baixou a energia, perdi um bocado com as elétricas, resolvi vender no prejuízo e nunca mais voltei ao setor, às vezes penso em comprar engie mas ainda estou traumatizado, talvez se o Bolsonaro realmente ganhar as eleições eu compre…

Outro setor foi de educação, quando teve o problema do Fies, vendi tudo logo no outro dia com prejuízo… Nunca mais voltei para o setor, embora às vezes pense em comprar Kroton…

Se tivesse smiles venderia, e esqueceria…


#13

Eu não tenho Smiles, mas estou com MPLU3 :frowning: , estava apenas curioso, porque se acabar em OPA vai ser uma sacanagem tremenda. A competição entre Smiles e Multiplus deve ser tão forte que eles até disputam quem vai ferrar mais os minoritários.