TECN3 - TECHNOS

O que acham dessa empresa? Trata-se da Technos, maior fabricante de relógios do Brasil. Penso nela como opção para LP, pois mesmo passando pela “tempestade perfeita” (dólar alto - seus custos de peças são em dólar - ela só monta aqui no Brasil, trata-se de produto discricionário - são os que mais sofrem com a crise) e se endividou bem no início da crise), a empresa sobreviveu, ganhou MS, reduziu seus gastos e sua dívida bancária para o nível mais baixo dos últimos anos. Vale apenas 40% de seu PL (preço de empresa quebrada). 1 Tri melhorou muito em relação á 2018, mas seguiu ruim, pois é o pior tri do ano para ela historicamente. Acho que poderíamos pegar o início de um belo turn around com baixo risco (se economia melhorar, ela melhorará mais do que a média - se piorar ou mantiver igual, tem pouco para cair). O que acham?

2 Curtidas

Amigo, tenho um paciente (amigo,e vizinho ) dono de uma rede de lojas e maior comprador de relógios do interior do Rio. Conversei com ele e me respondeu o seguinte . A empresa perdeu mercado para Orient pois ; passou a trabalhar com material de baixa qualidade, o preço não acompanhou essa queda de qualidade, problemas com trocas, vendas etc.

3 Curtidas

Não pesquisei mais detalhes sobre a empresa pois depois de conversar com ele e me mostrar a diferença entre as marcas abandonei a idéia de investir . Caiu muito em qualidade do material e acabamento !!!
Mas… parece que a empresa está trabalhando m para reverter está situação!!

2 Curtidas

Ótimas informações. Muito obrigado! No último call, a empresa afirma ter ganho market share. Vou investigar melhor. Abs

1 Curtida

O Bruce, da Nord Research, indicou recentemente para a carteira valor. @cadu já deu uma olhada nessa ação? Joguei naquela planilha de PSBe e deu um upside grande. Qual a pegadinha?

2 Curtidas

qual VMCM você está usando na planilha?

Eu já acompanho a empresa há um tempo. E os comentários do @neilson procedem. A empresa vem apresentando resultados decrescentes, e sem nenhum sinal ainda de melhora na rentabilidade.

Desde 2016 a empresa praticamente reporta um tri com lucro, e no seguinte prejuízo.

Empresa TECN3
Cotação atual 2,31
Preço alvo pelo PSBe esta em 10,63 com potencial de crescimento de 360%
Pelo FCD, utilizando uma taxa de crescimento de 8% ano, p/ os próximos 5 anos,
com 10% de taxa de desconto, chego a um valor de 4,50
Na cotação atual, e considerando uma perpetuidade de 0, o mercado esta precificando pelo
FCD um crescimento anual de -2% p/ os próximos 5 anos.

Indicadores Anual Ultimo tri anualizado
P/L 9,32 -4,57
P/VP 0,40
ROE 4,3% -8,7%
DY 0,00%
Margem Operacional 6,9% -11,2%

Está barata, sem dúvida. Mas como diz o Buffett, eu prefiro uma empresa boa a um preço razoável, do que uma empresa razoável a um preço bom.

8 Curtidas

Ótimas visões sobre a empresa! Particularmente, não é o perfil que eu gosto também para LP. Porém, sempre tento achar alguma “pimentinha” na carteira, tentando antecipar na cotação uma eventual melhora. Essa é uma de minhas candidatas (baseada principalmente no resultado do 1 tri - não dos números em si, mas da perspectiva para os próximos). Essa é uma das ações que, com uma melhora da economia + apreciação do real frente ao dólar poderá ter variação expressiva no curto prazo. Além dela, também estou olhando a Unicasa (ucas3) e positivo (posi3). Seja qual eu escolher, será para um namoro rápido: qualquer deslize, caio fora. Abs

2 Curtidas

Esqueci de mencionar: corrobora para essa minha visão da Technos a Nord: li um relatório muito interessante deles recomendando o papel. O resumo é: vale pelo preço (mas de forma geral, concordo com a visão do Cadu - melhor empresa boa com preço razoável).

1 Curtida

Hoje a empresa andou bem (7,39% de alta). Quem tiver paciência, dê uma analisada rápida nos releases dela: reduziu bem os seus custos operacionais e endividamento. Se a economia der uma forcinha, lucratividade aumentará exponencialmente (margem bruta dela é de quase 50%). Além disso, com seu custo em dólar, a queda dessa moeda ajudará ainda mais em seus indicadores.

2 Curtidas

Um detalhe para quem não conhece bem a empresa e se decepciona com a irregularidade dos resultados de 2016 pra cá, é que a piora ocorreu em razão de 2 fatores: a compra equivocada da Dumont, que causou um enorme estrago no resultado financeiro a partir de 2012 e, a partir de 2016, a empresa cometeu um erro estratégico que levou à recorrência dos prejuízos, que foi a aceleração das despesas de vendas e marketing para recuperar mercado perdido para concorrentes e alavancar vendas em plena recessão. Como é um setor de moda/jóias, é natural que se recupere tardiamente na recuperação do consumo, embora a empresa já tenha trocado toda a diretoria, reduzido fortemente as despesas SG&A e esteja há dois trimestres crescendo acima do setor, recuperando share. Portanto, a 8x lucro e 0.40x VP é simplesmente inacreditável o tamanho do cavalo arreado. A esse preço, ela está ranqueada abaixo de empresas com problemas gravíssimos de estrutura de capital, praticamente insolventes. Technos tem gestão super profissionalizada, com Dynamo e fundos e bancos americanos na estrutura acionária, lançando smartwaches, semi-joias, óculos, marcas premium licenciadas, como Armani, Armani Exchange, Mormaii, Euro, DKNY…E essa história de que o mercado de relógios é decadente é uma grande balela, pois as exportações crescem em todo o mundo, com retração de demanda apenas na Europa, que está em recessão. O artigo deixou de ser um mero utilitário, para se tornar um item de moda, status, e continuará tendo demanda. Vejo tudo melhorando na empresa, pois o PIB deve alavancar as vendas, o dólar deve retrair e reduzir o custo, elevando a já alta margem bruta. Com a redução de SG&A em curso, a alavancagem operacional + baixíssima despesa financeira atual, levará a empresa a rodar com ROE muito mais alto que atual, chuto que 4x maior que o atual. Enfim, acredito que essa empresa possa no mínimo triplicar de preço. É minha expectativa.

4 Curtidas

Muito legal seus comentários.
A empresa está barata, sem dúvidas.
Mas eu ainda tenho receio se ela conseguirá retomar a lucratividade de outrora. Eu não consegui ver esta melhora nos resultados nos últimos trimestres. Embora a receita tenho crescido, o resultado operacional continua negativo. E a empresa vem há anos alternando um tri com lucro e outro com prejuízo.

3 Curtidas

Pois é, Cadu, a questão é que o nível atual de margem bruta ainda não é satisfatório, pois as despesas de vendas ainda representam praticamente quase metade da margem bruta. A empresa tem certa dificuldade de diluir mais agressivamente certas despesas, diante da própria característica setorial. Assim, acredito que a empresa precisa que o nível de consumo da economia seja alavancado, pois o nível atual de receita é baixo diante da estrutura de custos. No entanto, o resultado operacional do 1T19 foi excelente, já que melhorou em todas as linhas, apesar da sazonalidade típica do setor (não há datas comemorativas), PIB negativo e a ainda lenta recuperação das vendas, já que é um item supérfluo de consumo. Ainda assim, acredito que a recuperação mais clara da empresa já deva ser vista a partir do 3T desse ano. Mas, para se ver mais claramente a recuperação vivida pela empresa, deve-se comparar isoladamente trimestre contra trimestre de 2018 x 2017, bem como o 1T19 x 1T18. Com exceção do 1T18 x 1T17, a empresa melhorou em todos! Vamos acompanhando…

4 Curtidas

Quanto à participação de mercado, de fato a empresa perdeu fatia. Em 2012, a empresa detinha 41% e hoje tem 36% de participação. No entanto, a assertividade do mix de vendas e dos canais de distribuição vem contribuindo para a recuperação do market share recentemente. Para quem quiser conhecer melhor a empresa, segue a apresentação institucional, que descreve o panorama setorial e a estratégia da empresa. https://www.grupotechnos.com.br/upload/files/0861_Apresentacao-Institucional_p-1-.pdf

3 Curtidas

Por incrível que pareça uns 30min atrás estava conversando com meu vizinho de frente sobre a empresa. Ele me passou que ; a empresa melhorou e muito o serviço de garantia dos produtos, qualidade do material melhorou bastante de 2018 para 2019, as vendas ainda estão abaixo do esperado( o setor inteiro). Na última feira ele relatou uma melhora no marketing e relacionamento com os lojistas. Aumentando minha posição na faixa de 2,15/2,18 e acreditando em melhores resultados.

3 Curtidas

Eu ja acho que o resultado do 2 tri mostrara mais claramente a evolucao da empresa: tivemos 2 datas comemorativas e divida quase zerada, alem dos custos controlados. So nao entrou ainda o dolar mais baixo e recuperacao economica. Mesmo assim, ja prevejo lucro liquido positivo e evolucao tri contra tri que ja chamara a atencao do mercado.

Relacao risco x potencial muuuito interessante!

3 Curtidas

Mercado de relógios vai ser engolido pelas empresas de tecnologia… não consigo acreditar nessa empresa no longo prazo.

2 Curtidas

Mas em que sentido? Até onde sei, Apple atua predominantemente na linha de smartwatches. Nem todos os consumidores gostam de uma linha esportiva/tecnológica de relógios. Eu, por exemplo, tenho relógio do tipo clássico e não tenho o menor interesse em ter relógios mais esportivos e que mais parecem celulares. Existem os clássicos, os de moda… E se for pensar apenas nesses termos, eles teriam que entrar nas outras linhas de produtos que a empresa já está atuando, como semi jóias e óculos. Mesmo dentre os smartwatches, os custos de montagem na ZF de Manaus dá grande vantagem competitiva em termos de preço, de modo que na faixa de preço onde atua, de 800-1300 reais, seus smartwatches estão dentre os cinco mais vendidos. O custo de produção, com isenção de PIS/COFINS, IPI e devolução de ICMS, faz o custo de montagem cair uns 30%. E mesmo assim, vi um relatório da indústria suiça de relógios, a maior do mundo, e as exportações vem crescendo ano a ano. Não vejo um perigo iminente vindo desses grandes conglomerados

1 Curtida

Bem , pelo que eu converso com esse meu vizinho( a família dele tem muitas lojas) e ele sempre me passou em conversas é que relógios sempre foram carro chefe de vendas e só caíram agora com a crise. Mas em datas comemorativas ainda são os top vendas !!!
E outra, a tecn3 adquiriu muitas marcas consolidadas , está com portfólio amplo .
Acho o risco retorno muito favorável !

1 Curtida

Acho que o start para a valorização das ações ainda não se deu pelo fato de a economia ainda estar muito deprimida. O crescimento em receita não depende só da iniciativa da empresa. A economia precisa ajudar, pois é um bem de luxo e o setor sofre muito em recessões. As pessoas compram muitas coisas antes de comprar um relógio quando a massa salarial está em queda ou estagnada… Ainda assim, o lucro já está crescendo por efeito de alavancagem operacional e desalavancagem financeira. Imagina quando a receita começar a crescer em dois dígitos

1 Curtida