CHD - Church & Dwight

image

Church & Dwight Co., Inc. , is a major American manufacturer of household products.
While it manufactures many items, it is best known for its Arm & Hammer line which includes baking soda and a variety of products made with it.

The company engages in the development, manufacture, and market of household, personal care, and specialty products. It operates through the following segments:

  • Consumer Domestic: offers household products, such as laundry detergents, fabric softener sheets, cat litter, and household cleaning products; and personal care products including antiperspirants, oral care products, depilatories, reproductive health products, oral analgesics, nasal saline moisturizers, and dietary supplements.

  • Consumer International: offers personal care products, household and over-the counter products in Canada, France, Australia, China, the United Kingdom, Mexico, and Brazil.

  • Specialty Products: consists of sales to businesses which participated in different product areas, namely animal productivity, specialty chemicals, and specialty cleaners.


Setor de consumo básico costuma ter boa descorrelação com o S&P no geral:


Cresce constantemente:



Não tem crescido o endividamento:


Dividendos crescem constantemente:

EPS:


PE um pouco acima da média dos últimos 5 anos:


Resumo:

  • Atua num setor altamente defensivo, com produtos de necessidade básica, gerando boa descorrelação com a “bolsa em si”.
  • Boa parte dos produtos é líder, ou segundo lugar, em vendas.
  • Empresa com longo histórico de crescimento e pagamento de dividendos.
5 Curtidas

Essa performance milagrosa dela se deu muito por crescimento constante de margens, que é algo que não pode durar para sempre

Acho um setor interessante por não ter nada no Brasil nesse nível. Se Bombril fosse uma empresa decente seria o mais próximo, talvez

Mas com os valuations malucos nos EUA, ela parece meio esquecida mesmo. Tenho na carteira

2 Curtidas

Ponto interessante…
Tem que acompanhar essas empresas que são líderes em seus setores pra ver se não estagnam.
Preciso depois dar uma olhada pra ver se acho o Market Share.

Realmente… aqui o que tem de defensivo são elétricas, telefonia, mas nada diretamente à consumo básico. Talvez supermercados, mas é “meio”, e não “fim”.

Idem.
Forma minha “zaga” junto com CLOROX e HORMEL.

Não diria esquecida, mas como não é de um setor com “appeal” (big techs, startups, growth explosivo, etc…), fica na mão de investidores mais tradicionais.

Se você tiver mais informações e detalhes do seu racional de investimento, agradecemos… :grin:

1 Curtida

Brasil Foods, M Dias Branco, Ambev, talvez Camil

2 Curtidas

Verdade…
Olhando só os produtos em si, Camil seria minha escolha, por ter aquilo que é mais básico.

image

Movimento parecido na pandemia… apesar de serem de setores diferentes.

Ah, eu não tenho aquelas super teses que eu vejo por aqui não

O negócio dela é tão diversificado que é até meio complicado de analisar. Se você olha os principais produtos que correspondem a 80% da receita, têm de tudo, detergente, bala, remédio, xampu, preservativo, higiene bucal. A administração fala que esse é um foco deles, montar um portfólio de produtos diversificado para que sempre tenha algo vendendo, então é tipo uma mini P&G que ainda pode conseguir crescer bem a receita

Depender de marcas sempre tem o risco de perder popularidade, mas acho bem mais negócio do que ela ser só uma química produzindo detergente para alguém. É ruim que a gente não tem noção real do quanto essas marcas são grandes, morando no Brasil, mas parecem ser bem fortes

1 Curtida

Earnings bateu as expectativas de 0.80 cents, margem bruta sofreu um pouco com o aumento de custos. Segue um reloginho

2 Curtidas

Já mandei uma grana lá pra Avenue e amanhã compro mais… :money_mouth_face:

Essa é daquelas empresas que nem precisa olhar cada resultado. A margem bruta sofreu um pouco, mas a receita cresceu acima do próprio guidance e o SG&A está sob controle, então o lucro veio acima da faixa esperada mais uma vez, mesmo excluindo um não-recorrente positivo

2 Curtidas

Top, obrigado por compartilhar.
Qual foi o não recorrente?

Não vi o detalhe, alguma vantagem tributária de uma aquisição recente

2 Curtidas

Lucro 20% acima do consenso, já abriu com gap e agora está subindo 3,5%

3 Curtidas

Estava esperando seu post kkkk.
Obrigado… :wink:

2 Curtidas