Imposto Sobre Dividendos

O que vocês acham sobre o assunto, e qual o impacto que essa medida poderia levar?

Apenas impacto positivo , pois as empresas teram redução proporcional no IR que pagam , teram mais caixa pra distribuir/investir , empresas de high yield , continuaram sendo, vao distribuir mais no total e receberemos o mesmo liquido.

Como que vc concluiu que as empresas terão redução proporcional no IR?

Vc está falando na proposta de quem?

Tem algumas estimativas sobre o impacto… não seria nada tão monstruoso assim:

https://spinelli.com.br/wp-content/uploads/2018/06/impacto-na-tributacao-de-dividendos-sobre-o-ibovespa-2.pdf

Além do mais, se forem taxar os dividendos, tem que haver alguma compensação no IRPJ das empresas, senão configura bitributação.

Mas nos outros países existe essa bi tributação, não existe?

Se o congresso aprovar, pode ter, não pode?

1 Curtida

Em princípio não pode não. Os dividendos são somente a distribuição da renda da empresa entre seus acionistas, então se já houve incidência de I.R. na apuração do resultado da empresa, não é possível incidir novamente o I.R. na distribuição de dividendos. Seria inconstitucional.

A não ser que aconteça alguma confusão, derrubem a Constituição e mudem as regras do jogo, aí pode tudo. Nesse caso, o ideal é sair do país e esquecer que um dia isso aqui existiu.

Baseado na proposta de todos , menos ciro que não menciona redução e o poste(lula) que o único plano de governo é libertar o presidiário, e tributar(ainda mais) a “burguesia” .

https://epocanegocios.globo.com/amp/Mercado/noticia/2018/08/tributar-dividendos-vai-contra-desenvolvimento-de-mercado-de-capitais-diz-ancord.html

Post do Bolsonaro no facebook hoje, e aproveitando pra tirar uma dúvida, se isso ocorrer como ficaria a distribuição de JCP e DIV, ainda teria a necessidade de a empresa distribuir os 2, ou ela provavelmente distribuiria apenas DIV a partir de então?

  • Ministério da Economia estuda reduzir impostos de empresas, gerando competitividade interna, empregos, barateamento do produto e competitividade também no exterior, a exemplo de Donald J. Trump , nos EUA.
  • A ideia seria a troca da cobrança de Imposto de Renda sobre os dividendos. Atualmente, as empresas do Brasil que lucram mais de R$ 20 mil por mês pagam 25% de Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) e 9% Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), totalizando 34%.
  • Em compensação, desde 1995, o Brasil não cobra Imposto de Renda sobre dividendos (parcela do lucro distribuída aos acionistas de uma empresa), na contramão da prática internacional.
1 Curtida