O que é Leitura de fluxo e Tape reading.

Fala, pessoal. Tudo certo? Hoje quero contar para vocês a história do Day trade no Brasil, mais especificamente sobre o tape reading. Caso queiram ouvir esse artigo ao invés de ler, podem conferir nesse vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=t0uf4GqsL4I&feature=youtu.be

Antigamente, o day trade era feito no pregão viva voz, e ocorria a leitura da fita. Agora vocês devem estar se perguntando o que é a leitura da fita, afinal de contas… Como vocês podem ver nessa imagem abaixo, os negócios que saíam, eram contabilizados nessa fita e se dava o preço que determinado ativo estava. Daí vinham os lances, as especulações, os preços e aquela “bagunça” do pregão viva voz. As coisas ocorriam muito lentas, pois até os negócios saírem e a leitura da fita ser feita, demorava bastante tempo, porque levava um certo tempo para a fita estar pronta para a leitura. Isso aconteceu perto dos anos 1900, onde a bolsa de valores era uma ideia muito nova para todos ainda.

Os anos foram se passando e essa leitura da fita perdurou por volta de 100 anos, até surgirem as TVs, computadores, internet e afins. O pregão por volta dos anos 2000 ainda era viva voz, sendo pouquíssimas as pessoas que já operavam da forma que conhecemos hoje, que qualquer um pode operar da sua própria casa. A bolsa de valores ainda “era física” e a leitura da fita já era possível ser visualizada nos gráficos, Tvs e computadores da época, mas aquela gritaria e “bagunça” ainda ocorria bruscamente, até que o tão esperado pregão eletrônico veio para o Brasil. Por volta de 2010, as plataformas foram trazidos ao Brasil e o tape Reading, mais precisamente a leitura de fluxo, como é dita hoje em dia, que ao invés de precisarmos de uma fita para poder fazermos a leitura, poderia ser feita através de um computador e de gráficos, mais precisamente através do DOM, ou SUPERDOM.

Só que não era simples assim das pessoas poderem operar. Na época, a corretagem e os custos operacionais (emolumentos, plataforma, etc) eram caríssimos, pois era tudo muito novo no Brasil. Não era viável pessoas físicas operarem naquele momento. Apenas quem realmente tinha muito dinheiro operava, devido a grandes taxas e custos operacionais.

Os anos foram, se passando e o pregão eletrônico realmente ficara acessível para pessoas comuns operarem, já que agora existem várias corretoras e plataformas que viabilizam isso para nós, deixando tudo mais acessível realmente. Graças a pessoas incríveis, hoje é possível fazer day trade e tratar isso como uma verdadeira profissão. É claro que não vai ser fácil, mas hoje é sim possível.

Espero que tenham gostado desse curto artigo sobre a história do day trade, mais especificamente sobre o tape reading e a leitura de fluxo.

Caso queiram escutar e obter mais detalhes sobre isso, bem como ver de perto como que funciona, basta acessar esse vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=t0uf4GqsL4I&feature=youtu.be

Obrigado e até o próximo artigo.