OFSA3 - Ourofino

Olá! Inicialmente achava a empresa muito cara (talvez estivesse mesmo). Porém, entendendo melhor e após ótima evolução em 2020 (especialmente no 3 tri), comecei a enxergar uma boa oportunidade. Resumo: combinação de setores promissores (animais de abate e de criação), margem bruta de 50%, crescimento e forte barreira de entrada. Imaginando um 2021 mais parecido com 3 tri20 (parte foi demanda reprimida, mas deverá ser compensado com o crescimento natural esperado), temos EV/EBITDA e P/L beirando os 10, “justo”, porém descontado se vc imaginar que ela seguirá crescendo e com margens elevadas.

Segue matéria com entrevista que acabamos de publicar. Vale a leitura!

9 Curtidas

Acabamos nos cruzando de uma maneira ou de outra @vkjr. :slight_smile: Esteve no meu radar já há um tempo, o último trimestre foi excelente. Alguns pontos que precisam ser trabalhados na minha opinião:

  • O DNA da empresa é de produtor rural, tanto que tem uma divisão separada para lavoura, que deve ser muito promissora e não está na bolsa. Terem lançado a divisão de animais na bolsa não me pareceu agregar valor. Ainda estão muito focados em animais de produção, quando o crescimento está claramente no mercado de pets. Minha dúvida: não sei se a empresa muda de cultura sem mudar de dono primeiro.

  • A Zoetis que é a maior concorrente é uma empresa mais focada no pet e com números muito melhores, capaz de um crescimento regional muito mais forte. Por exemplo, lançaram os carrapaticidas em comprimido há alguns anos. A Ourofino viu e não reagiu. Perdeu uma grande fatia do mercado por causa disso.

  • No momento, estou mais entusiasmado com a BRF ter anunciado a entrada como player de peso no mercado de rações para pet. Vejo mais vantagem competitiva aí. Mas sigo monitorando OFSA também!

5 Curtidas

Ótimos pontos, parceiro! Vc sempre agrega muito. Gostaria que escrevesse um artigo no meu Portal. Depois nos falamos no particular. Abração!!

3 Curtidas

A Ourofino bate cabeça com a Zoetis, maior laboratório global na área, como dito anteriormente.

Linha de produtos completa, único laboratório NACIONAL grande, de capital aberto na bolsa. A maioria dos demais labs, pequenos, foram sendo vendidos para empresas maiores do exterior, participando de fusões.

Acompanha a pecuária. Em 2018 tava 19, 20 reais a ação. Já subiu consideravelmente mas acredito que suba mais. Esse ano de 2020 foi absurdo para o agro, @ bateu 300. Todo mundo procurou pasto pra botar um gadinho. Os insumos subiram tbm, faltou arame (p/ cerca), cano. Milho (matéria base da ração) disparou, mas ainda compensou.

Por isso os pecuaristas “tiraram a barriga da miséria” e estão contentes, gastando mais para produzir mais em menos tempo e vender mais rápido. É assim, ta mais ou menos o mercado, vc mantém o boi comendo capim sem gastar muito, investe o básico, mata com 3, 4 anos. A coisa melhora, todo mundo quer engordar pra matar com 2 anos por aí, aumenta o grau tecnológico empregado. A reposição fica mais difícil pela procura.

As empresas de comércio do meu pai, que tem na Ourofino uma grande parceira, bateram recorde de faturamento esse ano tbm. A fábrica de ração tbm.

Eu que vim pra Ribeirão Preto, sede da Ourofino, mandei currículo algumas vezes pelo site, fui la na recepção, nem deram bola. Engenheiro sem experiência é foda hahaha. Baita empresa de todo modo, Nacional, adoraria trabalhar nela. E acho que sobe ainda mais. Tudo de empresa relacionado ao agro vai subir, os balanços serão positivos.

6 Curtidas

O amigo ai citou que Zoetis é focada em pet. No MS o quadro técnico deles era superior a qualquer laboratório no agro, era basicamente um consultor por cidade, ou quando, uma região pequena, cuidando menos cidades que consultores de outros laboratórios.

Zoetis tem produtos exclusivos tbm, patenteados, que nenhum outro laboratório tem, como a Bopriva, que é a vacina que castra, endectocida Cydectin… mas é um ou outro. Ourofino tbm tem todas as principais linhas de produtos (endectocidas, vacinas, linha reprodutiva p/ IATF). Batem cabeça no topo esses labs. São completos.

5 Curtidas

Top, Mateus! Bom ter a visão de alguém mais próximo da operação.

1 Curtida

Tenho que falar algo útil se nao a galera vai reclamar que eu só sei politizar nos tópicos de discussão. :joy:

Um laboratório que vem sendo bastante parceiro das revendas do pai, bem completo, chama-se Biogênesis Bagó. Se quiserem pesquisar depois.

1 Curtida

Pois são muito grandes, @mateus_siviero. Mas a operação principal deles é pet, o que faz deles não só a maior, mas também a mais rentável do setor.

Uma comparação em dólares:

Nome Receita USD Margem Bruta Margem Ebitda
Elanco Animal Health Inc 2.920.600 49,3 -0,9
Ourofino S/A 125.176 50,5 16,6
Zoetis Inc 6.542.000 69,6 40,6

A Elanco também é mais voltada para animais de produção. Bem em linha com a Ouro Fino.
De onde a Zoetis tira essas margens?
Segue:

3 Curtidas

Setor de Pet é muito mais rentável. Margem bruta da Ourofino em Pet (ainda menos representativa) beira os 70%. Vale ver o call do último resultado trimestral para entender o que nos espera a partir de agora. Se olhar o ano acumulado, apesar da evolução ano contra ano, não conseguiremos expurgar os efeitos da Covid… Novamente: 3 tri teve sim parte do crescimento por demanda reprimida, mas face ao crescimento esperado, acho que seria uma boa referência para 2021.

2 Curtidas

Interessante o comentário sobre a Zoetis, foi exatamente o que falei com o colega vkjr em novembro.
Além da Zoetis o Brasil tem bastante oferta de empresas com portfolio mais amplo, atuando a nível global. Virbac, Bayer, Ceva…
Algumas acabam tendo uma participação muito forte em alguns produtos, como a Virbac em produtos dermatológicos, Bayer em vermífugos (drontal) e anti pulgas e carrapatos (Seresto, Max3, Advocate), Boehringer Ingelheim com Frontline e Nexgard…
Outro desafio que vejo com as nacionais é o controle mais frouxo de distribuição de vacinas, que leva a qualidade final do produto a ainda não estar no mesmo nível das “importadas”.
P&D também, para mim, é uma incógnita. Entendo que boa parte são quase que commodities (vermífugos a base de pirantel / prazinquantel / febantel, anti carrapatos e pulgas a base de fipronil), mas e o que está saindo de novo, com possíveis patentes? A Ouro Fino vai ter calibre para competir? Ou vai focar apenas em replicar os produtos mais commoditizados?

1 Curtida

Dos que vc citou, faltou citar um grande tbm na parte de animais de grande porte, MSD que adquiriu a Vallee recentemente. Tem outros menores como a Biovet, o Bimeda (do Cidental) etc.

É um mercado bastante rentável o de PET, ainda mais em cidades grandes ou com maior poder aquisitivo, pessoal gasta mais dai com os bichinhos. Baixa renda gasta tbm mas nem tanto. As vezes pegar um vira lata novo sai mais em conta que um tratamento ou cirurgia kk.

2 Curtidas

Papel segue subindo devagar e sempre. É minha maior aposta de valorização em 2021, pouco a frente da Aeris e Romi. Vamos ver se acerto…

4 Curtidas

Excelente resultado dessa linda, joia escondida.

1 Curtida