PMAM3 - Paranapanema

Estou criando o tópico porque não achei no fórum.

Sobre a Paranapanema, é uma empresa que vem reportando prejuízos e por isso está bastante descontada.
A empresa reportou ontem o seu balanço do 2t19 e os resultados começaram a se tornar positivos. Gostaria de perguntar para vocês o que acham do ativo e se possuírem algum alvo?

Ja estudei bastante. Nao gosto dela: sua margem bruta é muito baixa (proxima de 5%), ou seja, qualquer deslise, o prejuizo é certo. É intensiva em capital e muito endividada. De positivo, apenas o setor de Cobre deve evoluir, mas como ela nao tem mina (vendeu oara Vale), ainda tera que tentar repassar os eventuais aumentos de preço, o que nem sempre é facil.

Fora o risco grande de novas subscrições.

2 Curtidas

Coisa linda!! Subindo quase 10%

1 Curtida

Olha a PMAM aí turnaround!! :grin:

Destaque do período 2T19

  • Volume total de produtos de cobre vendido no 2T19 de 52,2 mil toneladas, com alta de 60% comparado ao 2T18;

  • Receita Líquida de R$1.401,1 milhão no 2T19, crescimento de 48% comparado ao 2T18, decorrente do crescimento do volume de vendas de produtos de cobre que oferecem maior rentabilidade e apreciação do câmbio;

  • Lucro Bruto de R$61,2 milhões no 2T19, crescimento de 280% comparado ao 2T18;

  • Atingimos um resultado EBITDA de R$116 milhões no 2T19 revertendo o prejuízo operacional do 2T18, resultado explicado pela melhor performance operacional da Companhia e pelo impacto positivo de direitos creditórios relacionados as contribuições de PIS/COFINS conforme detalhado no anexo VI;

  • Prêmio por tonelada vendida e prêmio como percentual sobre receita líquida apresentaram melhora no 2T19 registrando aumento de 65% e 1,5 p.p, respectivamente, resultado da melhora do mix de vendas e reposicionamento de preço para recuperação da rentabilidade;

  • Geração de caixa operacional de R$28 milhões no 2T19, decorrente principalmente da redução do prazo médio de recebimento;

  • Resultado líquido de R$102 milhões no 2T19, melhor resultado líquido da Companhia desde 2015.

6 Curtidas

Foi um bom resultado, sem dúvida.
Mas tem alguns poréns, e confesso que não entendi um pto.
PMAM reportou um fator não recorrente que impactou positivamente as despesas operacionais, relacionado a recuperação de impostos, em uns 43M. Ok, isto explicaram no release. Mas não entendi como o resultado financeiro passou de -319M para +47M neste trimestre, sendo que o endividamento praticamente se manteve estável? As despesas financeiras foram quase zeradas neste tri. Não sei dizer o que ocorreu, a única explicação que vejo é algum outro evento não recorrente de muitos milhões que impactou isso.

pmam

pmam2

1 Curtida

Pmam3 caiu mto hj!!

1 Curtida

O lucro foi em função de um evento não-recorrente, a reversão de PIS/Cofins, em torno de R$ 152 milhoes. Expurgado o não-recorrente, o lucro líquido de 102 milhões vira um prejuízo de R$ 50 milhoes. Ainda não chegou a hora de comprar, na minha opinião.

2 Curtidas

Concordo. Acho que nem chegará. Qual a diferença dela para uma Metalúrgica, como Gerdau? Na minha opinião, nenhuma. Aumentará a demanda pelo Cobre no futuro? Acho que sim, que elevará as receitas da Paranapanema, assim como seus custos. Margens seguirão apertadas.

Sobre o resultado, achei de médio para ruim. Tirando os não recorrentes, novo prejuízo. Estou sempre de olho, mas quase que virando um torcedor, pois racionalmente não vejo motivos para entrar (nem sei porque torço por ela, não estou comprado - rssss).

3 Curtidas

Ótimo pessoal, muito obrigado pelas opiniões. O que me chamou bastante atenção foi a recente entrada do Luiz Barsi no ativo.
Vou continuar monitorando, uma vez que o prejuízo vem diminuindo, mas concordo que as margens são apertadas.

também sempre está no meu radar, mas nunca comprei.
Essa reestruturação do controle pode ser boa. mas tb pode ter chamada de capital/subscrições.
por enquanto assisto apenas… se virar turnaround (está longe disso ainda) eu compro com certeza

Vejo oportunidade de crescimento da empresa a longo prazo, juntamente com o aumento da demanda de veículos elétricos pois estes utilização 3x mais cobre que um convencional em sua fabricação e a tendência para os próximos anos são os veículos elétricos.

2 Curtidas

Ótima informação, não fazia ideia disso.

Papel ta apanhando muito…to -18% nele