SLED4 - Saraiva


#82

https://www.rad.cvm.gov.br/enetconsulta/frmGerenciaPaginaFRE.aspx?CodigoTipoInstituicao=1&NumeroSequencialDocumento=72540


#83

Atualizaram Composição Acionária Sled4 (Controladores comprando 22-03-18)


#84

Sled4 quando disparar em direção a este Vazio Gráfico ninguém mais segura.
Santander vendeu nos R$ 49,00 (ano 2012) e esta comprando TUDO abaixo R$ 5,00 (ano 2018).


#85

Recomendações de compra nas ações Saraiva PN (SLED4)
24/01/2018By ThaysIdéias De Compra, Últimas NotíciasSLED41 Comentário
SLED4 vai virar uma Blue Chip ?
Análise Gráfica SLED4 - “Gráfico Diário”
Médias Móveis
Bandas de Bollinger
Pontos de Suporte e Resistência
Recomendações de Compra e Venda
Conclusão

ThaysSeguir
Facebook
Twitter
Google+
LinkedIn
Tumblr
StumbleUpon
Reddit
Graduada pela Universidade Estadual Paulista , iniciou sua carreira no mercado financeiro em 2015. Fez o curso de formação da scalpertrader (Analise de fluxo de ordens) e absorveu bastante conteúdo da internet, sobre Analise Gráfica. Atualmente opera day trading com capital próprio, no mini-dólar.
Recomendações de compra nas ações Saraiva PN (SLED4)
Ações Saraiva PN – As perspectivas são boas para o papel PN da Saraiva, as ações SLED4, andam muito acumuladas, acreditamos que o papel pode surpreender os investidores e disparar com volume de Blue Chip. As ações Blue Chips, são ativos de alta qualidade, liquidez, e que promovem um crescimento sólido.

Exemplos de blue chip são: Vale, Petrobras e Magazine Luiza, empresas com grande valor de mercado e que envolvem grande fluxo financeiro. São as ações preferidas dos investidores!

Acreditamos que a Saraiva PN, possam atingir patamares altos durantes os próximos meses. A análise fundamentalista também aponta valorização do ativo no longo prazo, fatores como:

Prestigio da marca, no setor de varejo e educação
Alcance do público: a presença de Lojas físicas e comercio virtual, quando combinados aumentam o alcance dos consumidores da Saraiva.
Expansão do mercado, acrescente do consumo por livros online no país. Como por exemplo: A Amazon com projeto novo no Brasil, que visa lançar E-books (livros digitais), se a Saraiva firmar negociações com Amazon favorecera a receita da companhia. Até o momento a companhia americana não firmou contrato com nenhuma livraria brasileira.

Todos esses fatores contribuem para valorização do ativo SLED4 e sem citar a melhora do cenário macroeconômico.

https://janusinvestimentos.com/ideias-de-compra/acoes-saraiva-pn-sled4/?swpquery=sled4


#86

Esta é mais recente da Sled4

Análise da SARAIVA PN (SLED4): Perspectivas para o papel
02/03/2018By ThaysIdéias De Compra, Últimas NotíciasSLED45
Com o que a Saraiva se beneficia?
Interesse da Amazon
Análise GRÁFICA
Recomendações

Graduada pela Universidade Estadual Paulista , iniciou sua carreira no mercado financeiro em 2015. Fez o curso de formação da scalpertrader (Analise de fluxo de ordens) e absorveu bastante conteúdo da internet, sobre Analise Gráfica. Atualmente opera day trading com capital próprio, no mini-dólar.
Análise da SARAIVA PN (SLED4): Perspectivas para o papel
Análise da SARAIVA PN – Nesse artigo iremos falar das ações PN da SARAIVA: SLED4. A Saraiva é uma livraria, criada em 1914 em São Paulo. (Saiba mais sobre a história da empresa)

A estratégia da empresa é dar destaque ao setor varejista, principalmente no ramo do entretenimento, por isso no site da Saraiva.com é possível comprar desde um simples livro até um celular.

Análise da SARAIVA PN – (Livraria Saraiva)

O comércio online das Lojas Saraiva é totalmente integrado ao das lojas físicas, assim o cliente dispõe das vantagens de comprar o mesmo produto, sem sair de sua casa.

A maneira que a Saraiva e outras empresas de varejo utilizam ecommerce otimiza as vendas desse segmento. Os clientes entram decidos a comprar nas lojas, já que podem visualizar o produto pela internet, por isso a Saraiva garante a eficiência operacional.

O setor de educação também merece destaque, a empresa faz conteúdos para ensino, isso desde a educação básico até o superior.

Com o que a Saraiva se beneficia?
O que pode atrapalhar a lucratividade da Saraiva é expansão dos E-Books (livros digitais), que podem ser facilmente adquiridos na plataforma de sua concorrente Amazon.

A empresa ainda não conseguiu desenvolver tecnologicamente, isso é um alerta para Saraiva, já que o mundo começou a substituir as mídias físicas pelas digitais. Até as vendas de CDS e DVS, despencaram. Se a SARAIVA não começar a investir em tecnologia daqui uns anos estará a 2 passos bem largos de outras livrarias.

O que pode ser a salvação da empresa ainda esse ano são os rumores que Amazon teria interesse em vir ao Brasil e adquirir a livraria. Em entrevista para o olhar digital, a empresa afirmou o contato com Amazon. Unir as duas marcas é muito interessante para o mercado e daria espaço para maior empresa americana do comércio eletrônico crescer no Brasil.

Ação da Saraiva dispara com notícias

Só com a nota divulgada pela assessoria de impressa da Saraiva em 2017, na qual fala que Amazon tinha interesse na livraria, o mercado disparou! Naquele dia operamos em alta, foram incríveis 21,62%, o papel bateu R$ 5,40. Atualmente a cotação está em 4,60 reais.

As perspectivas para médio prazo, são de alta. Para longo prazo o cenário é bem indefinido. O papel não consegui tomar R$ 4,80 resistência de preços que pode desenhar bem as perspectivas para longo prazo. Existem muitos investidores ainda dispostos a desfazer da SLED4 próximo a essa resistência.

É preciso um volume financeiro acima da média diária para vencer esse patamar, acredito que o aumento da demanda ocorra em R$ 4,30. Essa é uma região interessante para comprar SLED4 e onde está o primeiro suporte estático dos preços.


#87

O conceito da loja do futuro passa pela junção do varejo físico e online,e neste ramo de livros temos 2 players fortes no Brasil, Saraiva e Cultura. Ficam de fora a Laselva, que acabou de falir no ambiente físico, e a Amazon, que apenas oferece o Market Place online, estratégia já esgotada nos Estados Unidos. Sobre a Saraiva e a Cultura, dados disponíveis no site do Mercado Livre, mostram que a Saraiva fez nos últimos 4 meses 105.000 vendas, enquanto a Cultura fez 30.000. Em outras palavras, a Saraiva que é dona do Décimo primeiro maior ecommerce do Brasil, segundo a Sociedade brasileiro do Varejo e Consumo, estudo de 2017, tem desempenho 3 vezes superior ao seu principal concorrente Cultura, na maior plataforma do Brasil. Em geral, a Livraria cultura ocupa apenas o vigésimo sétimo lugar do mesmo ranking. Em lojas Físicas a Saraiva tem mais de 100 lojas nos principais Shoppings do Brasil, versus a Cultura que possui 18. Em relação a rede FNAC, que possui 11 lojas, o principal problema da Cultura atualmente é lidar com os estudos de devolução (por conta de altos aluguéis) das suas principais lojas Paulista e Pedroso. A Saraiva é então uma plataforma Líder de lojas físicas e virtuais que opera nos principais market places do Brasil. E só agora está dando amostras que poderá produzir resultados positivos. A tal ameça “Amazon” não parecer ter sido maior o problema da brasileira, que se apequenou na a crise, mas tem tudo para se consolidar na frente das demais em 2018, entregando finalmente rentabilidade. É justamente esta a principal função de Claudio Galeazzi. - FONTE - RELATÓRIO RESERVADO - BTG.


#88

#89

Notícias boas e ruins tem a toda hora. Pior do que operar por noticias é olhar somente um dos lados.


#90

Saraiva esta sendo preparada para ser vendida

Só nao ve quem não sabe interpretar as recentes mudancas na Empresa e acompanha os noticiários

Ganhei com Mglu3 e vou ganhar novamente com Sled4 abs meu nobre


#91

Fiquem atentos pesquisei no site da Saraiva e vi que agendaram AGO para 28/03/2018 (quarta-feira). Pode ser coelhinho da Páscoa dos sócios (pagamento segunda parcela que monta R$ 6 milhões em dividendos). Proposta da Administração AGO - Assembléia sobre pagamento de Dividendos retidos (semana que vem). A ata deve sair no dia 11/04/2018 Edital AGO


#92

Meirelles diz que PIB está na direção para avançar 3% em 2018

Estadão Conteúdo

24.03.18 - 17h53
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, destacou na sexta-feira, 23, a queda dos juros básicos no País, afirmando que os brasileiros com alguma dívida pagarão R$ 80 bilhões a menos em juros este ano, dinheiro que pode ser usado em mais consumo pelas famílias.

Em evento para inaugurar a ampliação da capacidade de produção de uma fábrica do grupo Fiat-Chrysler Automobiles, em Goiana (PE), o ministro da fazenda e presidenciável lembrou que o valor é o dobro do que o liberado no ano passado através da liberação do resgate das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

“Quero mostrar um dado para os senhores. O Brasil liberou em 2017, por decisão do presidente Temer, cerca de R$ 40 bilhões do FGTS, o que ajudou a recuperar consumo. Aquilo que os brasileiros estão deixando de gastar para pagar empréstimos pela redução dos juros este ano equivale a mais de R$ 80 bilhões, que vão permitir à população gastar mais”, afirmou o ministro. Na quarta-feira, o Banco Central reduziu a taxa básica de juros para 6,5%, seu menor patamar nominal histórico.

Meirelles destacou a atuação do atual governo na recuperação da economia brasileira lembrando que, depois de assumir o País com uma contração de 5,2% em 12 meses, o presidente chega ao último ano de mandato com perspectiva de expansão de 3,0% do Produto Interno Bruto (PIB). Ele disse ainda que os brasileiros estão ganhando melhor e tendo mais oportunidades de emprego, “o que é melhor que qualquer programa social”.


#93

Investidores estão atentos na Saraiva Varejista fiquem espertos vendidos. O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, destacou R$ 80 bilhões a menos em juros este ano, dinheiro que pode ser usado em mais consumo pelas famílias.


#94

Por onde o Alan Infante passou ele vendia para outros grupos os negócios que ele organizava. Com a Saraiva não será diferente o cara chegou para vender a Varejista para outro Grande Grupo ou Investidor

A Saraiva anunciou, em comunicado aos acionistas, que Alan Infante é o seu novo diretor financeiro. Ele substitui Marcus Mingoni, que se desligou da empresa depois de 26 anos. Antes de chegar à Saraiva, Infante teve passagens por companhias de serviços financeiros como a Risk Office, Aditus e Liq, onde chegou a diretor de tesouraria e responsável pelas relações com investidores.


#95

Ação da Saraiva é boa opção “fora do radar”, diz Santander
Empresa se beneficia da exposição simultânea aos segmentos de varejo e educação
Quem chama a atenção são os analistas Bruno Giardino e Daniel Gewehr do Santander, eles reduziram o preço-alvo para os papéis da livraria de 51 reais (estimados para o fim de 2011) para 49 reais até o final de 2018 (se liguem VENDIDOS) O novo valor representa um potencial de alta


#96

Podem ligar para João Gerente de RI da Saraiva. Ele confirma que reuniões estão sendo tratadas a 7 chaves pelo Board com Executivos da Galeazzi, Novo Diretor e pretendentes compradores e que oportunamente o mercado será informado.

E-mail: [email protected]
Telefone: +55 (11) 3613-3212
Endereço: Rua Henrique Schaumann, 270 - São Paulo


#97

Livraria Saraiva S.A., com certeza deve circular nas mesas destes caras da Alaska os mesmos que alavancaram a Magazine Luiza S.A.

EXCLUSIVO: fundo mais lucrativo do Brasil explica por que o Ibovespa pode subir 1.000% nos próximos anos

Luiz Alves Paes de Barros, Henrique Bredda e Ney Miyamoto, da Alaska Asset, explicaram em 4 horas e meia de conversa por que seguem tão otimistas com o Brasil, quais as principais posições do fundo e por que os cotistas não precisam se preocupar quando o “LAPB” não estiver mais na gestora;


#98

Equipe Galeazzi (Toque de Midas) trabalhando a empresa Livraria Saraiva S.A para se tornar lucrativa todo trimestre e receber uma NOVA ROUPA DOURADA, pois vai ser Vendida a outro grupo de Varejistas.


#99

verdade vamos acompanhar proposta da AGO será veiculada hoje para o mercado


#100

conheço sim. um bom conhecedor. e ele não faria isso que vc está alegando.
e tbm nao achei essa postagem no GI nos ultimos 15 dias… e nem nada parecido quanto ao conteudo…


#101

Celinski achei esta
PAGAMENTO DE DIVIDENDOS E PARECER DO CONSELHO FISCAL
SARAIVA S.A. LIVREIROS EDITORES DRI: Jorge Saraiva Neto - (FCA V2)
Assembleia AGO/E Proposta da Administração Data prevista para a realização da assembléia 26/04/2018 15:00 Data do Envio 27/3/2018 - 27/03/2018 19:02
PAGAMENTO DE DIVIDENDOS E PARECER DO CONSELHO FISCAL
De acordo com a proposta apresentada pela Diretoria Executiva da Companhia, a
Administração propõe a distribuição parcial do dividendo obrigatório retido do exercício social de 2015 no valor de R$ 5.817.033,30 (cinco milhões, oitocentos e dezessete mil, trinta e três reais e trinta centavos), correspondentes ao valor bruto de R$ 0,21798 por ação e equivalente a 33,33% do saldo da Reserva Especial para Dividendo Obrigatório Não Distribuído constituída nos termos do art. 202, parágrafos 4º e 5º, da Lei nº das Sociedades por Ações, conforme Fato Relevante divulgado pela Companhia em 02 de agosto de 2017. O Conselho de Administração propõe, também, fixar o dia 15 de dezembro de 2018 como a data de pagamento desses dividendos. Ressalta-se que o Conselho Fiscal da Companhia também deu parecer favorável sobre a referida distribuição de dividendos (conforme Anexo VI desta Proposta).
O Conselho Fiscal da Companhia, por seus membros efetivos, no exercício de suas atribuições legais e estatutárias, analisou: (i) o Relatório Anual da
Administração; (ii) as demonstrações contábeis do exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2017, incluindo o Relatório da Grant Thornton Auditores Independentes, sem ressalva, a respeito da fidedignidade das demonstrações contábeis de acordo com as normas internacionais de relatórios financeiros e práticas adotadas no Brasil, emitido em 13 de março de 2018; e (iii) a proposta da Administração de distribuição parcial do dividendo obrigatório retido do exercício social de 2015 no valor de R$ 5.817.033,30 (cinco milhões, oitocentos e dezessete mil, trinta e três reais e trinta centavos) na conta de Reserva Especial para Dividendo Obrigatório Não Distribuído, constituída nos termos do art. 202, parágrafos 4º e 5º, da Lei nº 6.404/76, conforme deliberação tomada
na Assembleia Geral Ordinária da Companhia realizada em 28 de abril de
2016. Com base nas suas verificações e esclarecimentos obtidos da
Administração, o Conselho Fiscal, por unanimidade dos Conselheiros
presentes, é de opinião que o Relatório Anual da Administração e as
demonstrações contábeis descritas nos itens (i) e (ii) acima e a proposta da
Administração mencionada no item (iii) acima estão em condições de serem submetidas à deliberação dos acionistas da Companhia, em Assembleia Geral Ordinária prevista para ocorrer no dia 26 de abril de 2018.
São Paulo, 13 de março de 2018.
João Verner Juenemann
Presidente do CF
Carlos Antonio Vergara Cammas
Vice-Presidente do CF