UGPA3 - Ultrapar


#21

ainda vejo essa queda como algo normal, e por hora sem grandes preocupações. até porque ela já teve essa mesma oscilação pelo menos umas 3 vezes no passado… somente o fato do CADE ter vetado uma compra, isso não justificaria uma queda brusca, muito menos se a operação da empresa estiver redonda.


#22

UGPA3 - 1T 18
Resultado fraco. Teve um evento não recorrente que impactou forte o resultado, a multa pela não aprovação da compra pelo CADE, de 286M. Excluindo este, o EBITDA encolheu -12%.

Seu principal negócio, a Ipiranga, apresentou uma queda no EBITDA de -15%, principalmente em função da queda observada no volume.

Acredito que a cotação neste patamar esteja em um bom patamar p/ compra. Provável que o resultado do 2T 18 ainda apresente queda, porém já sinalizando uma retomada na lucratividade.

ugpa


#23

R$ 60,00 já acho o preço interessante, mas só compraria nos R$ 40,00 devido a outras oportunidades.


#24

Puxa! Me diga que oportunidade é essa!!!


#25

fiquei curioso tbm hehe


#26

Até hoje: WIZS3, SEER3 e MPLU3.


#27

Juntou o resultado do 1t18 e a renúncia do presidente do Conselho…bem capaz de chegar no preço que o Ricces2000 falou no outro tópico.


#28

Renúncia do presidente… ninguém renúncia um cargo à toa… tem coisa podre no ar…


#29

Desabando UGPA3, alguma noticia quente Cadu, se for boa vamo que vamo.
Captura%20de%20tela%20de%202018-05-03%2012-58-55


#30

Sera que tem haver com essa noticia !

Por que a ação da Ultrapar está despencando? Pergunta no posto Ipiranga
Gustavo Kahil - 03/05/2018 - 13:20
Ipiranga
Se a Ultrapar vai se recuperar, ou não, esta é uma pergunta que só o posto Ipiranga pode responder
As ações da Ultrapar (UGPA3) lideram o lado negativo do Ibovespa nesta quinta-feira (3) com uma expressiva desvalorização de quase 10%, negociadas em torno de R$ 54,40. O desempenho é reflexo direto do resultado do primeiro trimestre de 2018, que apresentou queda de 79% no lucro líquido, para R$ 73 milhões. A empresa explica que o resultado também sofreu um impacto importante da multa contratual relacionada à aquisição da Liquigás no valor de R$ 286 milhões.

Apesar disso, a Ipiranga registrou uma queda de 2% no volume em relação ao ano anterior. O lucro operacional ficou R$ 585 milhões, queda de 15% em relação ao mesmo período do ano anterior, principalmente em função do menor volume vendido, do ambiente competitivo ainda pressionado e do maior patamar de despesas, incluindo as despesas com indenização na nova empresa de lubrificantes, Iconic.


#31

Isso e a renúncia do presidente do Conselho de administração. Eu sigo confiante na empresa. Aumentei posição hoje, e o próximo alvo de comprar a será se for nos 50.


#32

Fala mestre Cadu vou ver se faço um vídeo sobre ela essa semana, não abordando resultados de curto prazo, mas olhando por uma perspectiva de mais longo prazo.


#33

Excelente Vdd! Eu gosto da empresa, ela tem um ótimo histórico de gestão. Estou vendo estas quedas como oportunidade de compra. Vai ser muito bom ver sua análise sobre a empresa!


#34

UGPA3:
Boa a tarde a todos!
Cadu qual seria um bom ponto/valor pra tentar uma compra, hoje, já que está uma sangria danada?


#35

Meu proximo pto de compra nela é nos 50,25


#36

Com as compras de hj ficou pouco atrás de BRCR em peso, e já estou com uma posição relevante nele. Ainda deixei um caixa p/ aumentar posição se bater próximo dos 45,00.


#37

veja ai Cadu oq acha dos pontos que eu levantei lá

vc que é acionista dela ai a mais tempo e está com posição nela, seria interessante analisar oq vc acha

e ohhh essas quedas ai… a culpa não é minha não hein kkkkk


#38

Muito boa a analise Vdd.
Sem dúvida a tendência mundial caminha para o carro elétrico, o que de fato afetaria o principal negócio da empresa hoje. Porém cabe ressaltar que pra isso chegar a afetar a empresa, diversos ptos teriam de acontecer. Aqui no Brasil esta virada até chrgar a um pto de representatividade no mercado, ainda deve demorar algumas décadas. Isto pq o Brasil ainda é um país fechado e com muita regulação. Não duvidaria no lobby de algumas grandes empresas dificultante ao máximo a entrada do carro elétrico aqui no país. O que é lamentável, mas é a nossa realidade. Outro pto é que a empresa embora ainda seja muito dependente do resultado da Ipiranga, já vem diversificando seus negócios, com tendência a virar uma holding. Outro pto é que durante esta virada para o catro elétrico no país, a tendência seria o barateamento da gasolina, visto que a demanda iria diminuir mais a oferta não. Por outro lado, a energia elétrica que já vem com viés de alta na tarifa, tende a aumentar ainda mais. Energia solar ainda está distante de ter a mesma eficiência, some a isso que aqui no país certamente iriam querer taxar isso tb, o famoso imposto sobre o sol. Estes fatores poderiam gerar uma maior lentidão para o carro elétrico virar tendência por aqui. E mais um pto, o país ainda tem sua logística voltada para rodovias, e os caminhões iriam demorar ainda mais até se tornarem elétricos, pelo seu maior volume e peso.

Por conta de todos estes fatores ainda considero este risco do carro elétrico impactando no negócio da empresa muito baixo no LP.


Avisos de Compra e Venda & Debate Sobre Carteiras
#39

O que me mantém longe de UGPA são seus indicadores, tanto q está lá atrás na plataforma!! Acho q tem coisa melhor no mercado!! O que tenho observado é que outros postos (outras bandeiras) oferecem uma gasolina mais barata, com promoções etc…! Nos postos ipiranga a gasolina está bastante cara, conheço vários amigos meus q abasteciam em ipiranga e hj não abastecem mais!! Acho q eles terão q se reinventar!


#40

a nível de aquisições até agora a administrações tem feito muito bem. e isso é ponto positivo pra eles, acho que sao uns dos melhores nesse quesito no brasil.

agora só acho que eles estão com o pensamento: aqui é diferente essa história de carro elétrico, isso vai demorar… e por conta disso estão num ritmo de mudança bem lento, já vi empresas maiores quebrar por não ver as mudanças do mercado. ou os caras começam a agir com mais rapidez ou o mercado devora, veja casos americanos contrários a esse como a Coca e McDonalds que estão passando por mudanças de habito de consumo e estão igual doidos tentando mudar o case de negócio pra sobreviver aos novos tempos.

concordo com boa parte do que mencionou, e o mercado brasileiro sempre teve um histórico mais protecionista, porém recentemente veja o próprio Uber que entrou no mercado brasil literalmente passando o carro em cima.

contra o avanço tecnológico quando ele vem, é difícil ir contra.

sobre o lobby: agora se vc tem lobby dessas empresas para barrar o carro elétrico, vc tem lobby de empresas muito maiores de fora querendo entrar com eles ai dentro, isso deve ser levado em consideração, apesar de que é impossível saber quem ganha essa queda de braço.

agora a meu ver a admin da UGPA deveria no mínimo já estar fazendo outra aquisição esse ano, para diversificar mais a sua carteira, porém oq eles tentaram recentemente foi comprar outra rede de postos, ainda bem que não conseguiram kkkkk porem por esse motivo mostra o quão fora da noção de risco os caras estão com relação aos carros elétricos,

vejo eles um pouco confortáveis com relação a isso, se é uma empresa minha eu já tinha perdido o sono pensando em uma maneira de reverter esse cenário que será inevitável de acontecer.