ALSC3 - Aliansce shopping centers


#1

GIC aumenta sua coleção de shoppings (e quer mais)
Natalia Viri

Reinaldo Rique, o irmão menos conhecido do fundador e CEO da Aliansce, Renato Rique, está diminuindo sua participação no setor de shoppings.

Reinaldo acaba de negociar uma fatia de 22% no Shopping Taboão, na Grande São Paulo, e outra de 22,5% no Shopping Grande Rio, em São João de Meriti, com o GIC, fundo soberano de Singapura.

A operação já foi aprovada pelo CADE, e os valores não foram revelados.

A Aliansce é sócia nos dois projetos. No Shopping de Taboão, tem os 78% restantes e, no Grande Rio, uma participação de 25%. Apesar de ser sócio da Aliansce em alguns empreendimentos, Reinaldo não tem ações da companhia nem fez sua carreira no setor.

O GIC é acionista da Aliansce desde 2010 e hoje tem 10% da empresa.

O fundo soberano tem aproveitado a crise para reforçar sua presença no setor de shoppings no Brasil. Comprou 33,3% do Shopping Santana, em São Paulo, num co-investimento com o Canada Pension Plan Investment Board (CPPIB) em 2014 e, em julho do ano passado, adquiriu 35% do Via Parque Shopping, no Rio, da própria Aliansce.

Mais recentemente, o GIC tentou comprar participações no Barra Shopping e no Shopping Morumbi, mas em ambos os casos a Multiplan exerceu seu direito de preferência.

O fundo ainda tem várias negociações em curso no mercado, particularmente envolvendo os fundos de pensão Funcef, Previ e Petros.


#2

#3

Seis shoppings e um destino: Multiplan, Iguatemi ou Aliansce?
Geraldo Samor

http://www.braziljournal.com/seis-shoppings-e-um-destino-multiplan-iguatemi-ou-aliansce-