Avisos de Compra e Venda & Debate Sobre Carteiras


#2328

Bom dia pessoal.

Tenho RNGO11 e CBOP11 na minha carteira, porém, com o fim dos incentivos para a região de Alphaville, não vejo boas perspectivas para o futuro destes FIIs. Para compensar, eles precisarão reduzir os aluguéis e a cota vai cair ainda mais para chegar num DY atrativo.

Por conta disso, estou pensando em amargar o prejuízo e partir pra outra. Principalmente RNGO11, entrei perto da máxima.

Com o dinheiro, penso em iniciar posição em FVPQ11 e aumentar em FIIB11.

O que acham?


#2329

Acho válido sim.
Outras boas opções seriam Ggrc e Hgbs.


#2330

Bom dia !!! Excelente notícia ( notícia … ) Principalmente para indústria. O governo não deve alterar as tarifas de importação. O Paulo Guedes vai esperar aquecer a economia para depois revisar as tarifas para não prejudicar a indústria nacional.
Depois posto o link


#2331

Cadu, o que acha de KNRI11? Não seria também boa opção pra complementar carteira?


#2332

Ainda bem que o mercado americano está fechado , porquê a queda ia ser muito maior. Essa briga do governo aí vai render até amanhã , então , talvez … amanhã observando o pré market adr possa haver oportunidades de compra. Tomara que na quarta o Bolsonaro apresente a proposta e mude o clima !!!


#2333

Não acho no preço atual, pois vejo como cara. Além disso está fazendo uma nova emissão de ações que deve manter o preço estável por um tempo.


#2334

Justo! Valeu demais pela dica.

Aproveitando a palavra, estou com 3 ativos que tenho na carteira há pouco mais de 1 mês, porém que não saiu do lugar praticamente: semanas de loss, semanas de gain. Indicadores fundamentalistas continuam consistentes, porém me questionei esses dias se não seria o caso de trocar um ativo por outro menos já esticado.

  1. AGRO3 (5,39%)
  2. FRAS3 (3,53%)
  3. LREN3 (5%)

Andei lendo bastante a respeito das que voce comentou no forum: FESA4 (já comprei e tenho 5.77% da posição nela, GRND3 entrei porém dado balanço divulgado não satisfatório, mantenho em quarentena e avaliando possível venda.

UGPA, TAEE, FLRY, alguma dessas valeriam mais a pena que as indicadas acima?

Dá essa luz aí, pois realmente não sei o que fazer. E detalhe, to com 9% em CAIXA pra comprar algum novo ativo, ou re balancear (equalizar) o peso de cada ativo que já tenho na carteira.

Segue aí. Valeu!!

image


#2335

Diria que sim. Embora ache que Fras esteja a um bom preço, e que Flry ainda está enfrentando alguma dificuldade para crescer.

Outra opção é montar uma carteira de Fiis, aproveitando tb o caixa. Algo como Ggrc, Fiib, Oujp, Hgbs e Bcff já seria uma excelente carteira.


#2336

Obrigado pelo retorno.

A carteira de FIIs já está montada seguindo suas recomendações:

image

Porém minha preocupação maior é o que fazer com os 3 ativos que citei e se devo ou não entrar em UGPA, TAEE, FLRY. GRND também me levantou muita dúvida se devo me manter.

O volume aplicado na carteira de Fiis é de 1/9 da carteira de ações. Acha que essa nova grana em caixa deveria usar pra aumentar as posições da carteira Fii? (100k/11k) Ou seria melhor esperar pra por exemplo, aumentar posição em FESA4 E TRIS3 ou simplesmente equalizar tudo.


#2337

Faria isso sim. Se porventura no futuro surgir alguma oportunidade muito boa em ações, nada impede de vender um Fii para tal fim.

Voltando a carteira de ações, olhando pelo conjunto total dela, eu venderia: Petro, Elet, Cmig e Agro. Aumentaria posição em Fesa (com a venda da Agro), no lugar de Petro iria de Ugpa, no lugar de Elet iria de Taee, eno lugar de Cmig iria de Abcb.


#2338

Muito agradecido!

Vou ponderar todas as suas informações e comento posteriormente a decisão.

Valeu, Cadu!


#2339

Boa noite … Viu o resultado da fras3 Cadu ? Estou pensando em colocar ela na carteira novamente.
Obrigado


#2340

Ainda não recebi.


#2341

Cadu o que acha da grazziotin?


#2342

Uma grendene piorada rs.


#2343

Uma opção que julgo mais atrativa que FLRY no setor, apesar da esticada recente, é o PARD. O modelo expansionista em laboratórios não me agrada pelo exemplo da DASA, que perdeu rentabilidade. É um setor muito pulverizado. Com o dinheiro de um carro você abre um laboratório. O PARD é metade isso. A outra metade que é a interessante, é um laboratório de apoio, creio que o maior do país, que executa análises mais complexas para milhares de pequenos laboratórios.


#2344

Sacanagem. Rs


#2345

Pard é um empresa que sempre esteve em meu radar. O maior problema, além deste que citou da facilidade de entrada de novos players, é a dependência com planos de saúde.


#2346

Verdade, esse é um problema que deve ser uma dor de cabeça para todo o setor e a meu ver é até pior para os laboratórios “de luxo”. Um ponto que acho que o PARD se destaca é focar na aquisição de laboratórios de nicho com exames de imagem de alta complexidade que são menos concorridos e de exames toxicológicos.


#2347


Olha aí Cadu !!!