B3SA3 - B3 e Cetip, antiga BVMF3

3T 16 - Bom resultado

Superintendência do Cade não aprova fusão entre BM&FBovespa e Cetip

SÃO PAULO - A Superintendência-Geral do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) informou nesta terça-feira (29), após o fechamento do pregão, que não aprovou a fusão entre a BM&FBovespa (BVMF3) e a Cetip (CTIP3) nos termos propostos.

Há pouco mais de um mês, em 13 de outubro, a Superintendência do Cade publicou um despacho que considerava “complexa” a operação e pedia um prazo de 240 para a análise do caso. As duas empresas fecharam o acordo de fusão em abril deste ano, em uma operação que já vinha sendo amplamente especulada pelo mercado.

DESTAQUES DO 4T16 E DO ANO DE 2016 - Bom resultado!

Receita bruta total de R$ 398,9 milhões no 4T16, com crescimento de 3,5% em relação ao 3T16 e de 12,2% em comparação ao 4T15. Em 2016, receita bruta total de R$ 1.545,9 milhões, 13,4% superior a 2015;

Receita bruta da UTVM de R$ 285,1 milhões no 4T16, com aumento de 1,9% versus o 3T16 e 13,5% acima do 4T15. Em 2016, receita bruta da UTVM de R$ 1.122,4 milhões, 18,1% maior do que em 2015;

Receita bruta da UFIN de R$ 113,8 milhões no 4T16, 7,7% superior ao 3T16 e 9,2% maior do que no 4T15. Em 2016, receita bruta da UFIN de R$ 423,5 milhões, 2,7% maior do que em 2015;

Receita líquida de R$ 334,8 milhões no 4T16, 3,7% superior ao 3T16 e 14,3% maior que o resultado do 4T15. Em 2016, receita líquida de R$ 1.286,8 milhões, um aumento também de 14,3% vs. o resultado de 2015;

Despesas operacionais ajustadas de R$ 99,2 milhões no 4T16, 7,3% acima do 3T16 e 11,9% superiores ao 4T15. Em 2016, despesas operacionais ajustadas de R$ 374,6 milhões, 11,8% maiores em relação a 2015;

EBITDA ajustado de R$ 235,6 milhões no 4T16, 2,3% superior ao 3T16 e 15,3% maior do que no 4T15, alcançando margem de 70,4%. Em 2016, EBITDA ajustado de R$ 912,3 milhões, 15,4% acima de 2015;

Lucro líquido de R$ 150,5 milhões no 4T16, 2,7% acima do 3T16 e 17,6% maior do que no 4T15, com margem líquida de 45,0%. Em 2016, lucro líquido de R$ 572,6 milhões, 15,1% maior que em 2015, com margem líquida de 44,5%.

Bovespa muda de nome; mercado não vê o ‘upside’

http://www.braziljournal.com/bovespa-muda-de-nome;-mercado-nao-ve-o-upside

1 Curtida
1 Curtida

Estou analisando para uma possível entrada… os números que ela apresentou me deu uma boa animada, principalmente pq vão aumentar a remuneração aos acionistas. Alguém mais analisando para uma possível entrada?

Eu estava analisando um entrada, mas além de achar que ela está cara hoje, não me agrada, em uma perspectiva de longo prazo, um payout de 150%, que não é uma política sustentável. Confesso que não entendi o que a administração pretende com isso.

Tem empresa que sempre tá cara… Essa e a Wege sempre tô querendo comprar e nunca compro …

3 Curtidas

Cadu, por gentileza, você poderia fazer aquela sua análise de FCD e PSBE da B3?

Agradeço desde já

Cara…

Empresa B3SA3
Cotação atual 33,90
Preço alvo pelo PSBe esta em 28,68 com potencial de crescimento de -15%
Pelo FCD, utilizando uma taxa de crescimento de 8% ano, p/ os próximos 5 anos,
com 9% de taxa de desconto, chego a um valor de 24,56
Na cotação atual, e considerando uma perpetuidade de 0, o mercado esta precificando pelo
FCD um crescimento anual de 25% p/ os próximos 5 anos.

Indicadores Anual Ultimo tri anualizado
P/L 29,34 28,79
P/VP 2,76
ROE 9,4% 9,6%
DY 2,40%
Margem Operacional 51,1% 51,8%
1 Curtida
2 Curtidas

http://www.b3.com.br/pt_br/projeto-d-2/sobre-o-projeto/

1 Curtida

Resultado fraco. Pelos preços atuais, está muito cara, e não justifica a precificação feita pelo mercado.

2 Curtidas