CAFI - Carteira de Análise Fundamentalista de Investimentos


#388

Ocaba, bom dia! Vc é do clube FII?
Vc pretende aumentar ações se desfazendo de FII`s o com aportes novos?


#389

As eleições estão preocupando cada vez menos, pois os candidatos potenciais para destruir a economia, os vermelhos, estão cada vez mais enfraquecidos. No momento estou próximo de uma relação de 50% em Fiis e 50% em ações. Como tem surgido boas oportunidades em ações, com algumas voas empresas enfrentando fortes quedas, e nos Fiis isso está cada vez mais raro, estou aumentando posição em ações lentamente.


#390

@brunovcn, é, sou o mesmo do Clube. A idéia é essa mesma, aumentar a proporção em ações e fundos de papel e reduzir a exposição em fundos de tijolo. Tem muita coisa que hj está cara ou que eu considero que completou o seu ciclo. Por exemplo, GRLV, eu comprei ao longo de 2017, sempre em torno de R$ 900, hj está a R$1410 ($140), e o DY, mesmo com a elevação das distribuições, caiu para 0,53% am. Neste patamar, o risco já não compensa. Foi o mesmo motivo que me levou a zerar FIIB, que agora rende mais que o GRLV.

Eu faço a seguinte leitura do mercado: com o dólar subindo, mesmo que a economia continue estagnada, haverá pressões inflacionárias. Infelizmente, o mercado tende a sempre antecipar os problemas, ele não espera o BC aumentar os juros, muito antes ele já antecipa no mercado futuro de juros. Então, mesmo que o COPOM ainda vá reduzir mais 0,25% a SELIC, mesmo que a economia continue estagnada, mesmo com os juros futuros comportados, o risco está se elevando.

Por outro lado, quando se olha o mercado de ações, desinflaciona o Ibovespa pelo INPC ou IGPM ou Dólar. O Ibovespa está longe de qualquer topo. Por exemplo, o topo de 2008 seria, pelo INPC, 127400 pontos hoje, é 50% de upside. Então, no momento atual, o mercado de ações é mais atraente que o mercado de FIIs. Eu vou um percentual de FII de tijolo e papel para ter uma renda mensal, mais com maior peso nos fundos de papel por ser uma opção defensiva. Ao contrário do que foi dito por alguém, os FII de papel pouco seriam afetados por uma alta dos juros, pois a maioria está no VP. Em 2012/2013 esses fundos de papel chegaram a ser negociados por preços 50% superiores ao VP, por isso tiveram uma forte queda nos anos seguintes. Hj, uma queda nos juros seria compensada por uma elevação no valor das distribuições dos fundos de papel. Por isso, é uma opção defensiva, capaz de suprir minhas necessidades de recursos mensais.


#391

Obrigado @ocaba!
O que você está de olho em ações? Alguma Small Caps?


#392

@brunovcn, só em blue chips e midcaps. Minha carteira hj é RENT, VALE, BBDC, ITSA, ELPL, GGBR, SUZB, BRKM e outras nesta linha. As vezes compro algo como IRBR, BRML, mas estou cada vez mais conservador. Essa carteíra é o suficiente para ter um desempenho muito superior ao IBOVESPA, principalmente no longo prazo.


#393

Vou abrir aqui a votação da CAFI. Vou manter meus votos do mês passado, pautados nos indicadores fundamentalistas da plataforma, DY e perspectiva de bons resultados para 2018:
CGRA4
ITSA4
ABCB4
MPLU3
CGAS5


#394

Me adiantando para fazer as votações a CAFI Maio/18 já que depois não terei tempo!
Vamos a elas:

  • FLRY3 : Eu gosto da empresa, daquelas “sempre” caras. Em 2017 subiu bem, e começou 2018 caindo. A mantenho como indicação por crer que a empresa manterá uma gestão competente mesmo com a saída da Advent. Empresa com bom market share no setor premium de saúde, e atenta a novas aquisições. Percebo esse movimento mais lateral e mesmo de leve queda como incerteza devido a saída da Advent. Avaliação no Love Mondays está em 3,7 / 5, bem avaliada pelos seus funcionários. No ReclameAqui é avaliada como bom pelos clientes. Vejo como a melhor opção do setor na bolsa.
    Gostei do resultado 1T/18. Gestão continua bem no plano de expansão com as novas unidades inauguradas, aumento do FCO, empresa continua com bom foco, expansão e dívida controlada.

  • MPLU3 : Tem caixa, gera caixa, baixa necessidade de investimento para crescer, setor que tende a se recuperar com a economia. Vejo que o mercado a observa com um pé atrás devido ao controlador da empresa, o que, em partes, concordo. Mesmo assim, considero uma boa oportunidade dado o cenário atual da bolsa. Entre minhas análises, como mencionei na indicação acima, é ver o que os funcionários e clientes dizem da empresa. Assim no Love Mondays sua nota é 4 / 5 e no ReclameAqui tem nota 6,77 / 10 e avaliação “bom”. Continua em queda…

Vou manter as duas do mês anterior e acrescentar outras:

  • MDIA3: Sim, ela foi citada na lava jato e está sendo investigada, não é a primeira e muito menos será a última a estar envolvida em escândalos de corrupção e lavagem de dinheiro.
    Pronto, passado esse ponto, a empresa tem excelente caixa, consegue gerar caixa, não tem dívidas, tem e vem cumprindo plano de expansão que é refletido no crescimento de market share. Além disso a empresa consegue controlar bem seus custos por ter “alto nível integração do processo produtivo” como diz no seu RI, produzindo quase 90% de toda sua matéria-prima. Sua avaliação no LoveMondays é 3,87 / 5 e no ReclameAqui de 7,61 / 10, com 95% das reclamações atendidas.

#395

Seguem meus votos para o CAFI. Baseado na Ranking Pense Rico e considerando meus critério de governança, liquidez e diversificação:
BRAP3
EGIE3
ITUB3
SULA11
MRVE3
ODPV3
KROT3
UGPA3


#396

Seguem meus votos p/ a CAFI maio 18.

Vou dividir os votos em dois, primeiro em empresas com bons fundamentos mas que sofreram grandes quedas no mercado:

ECOR3
UGPA3
WIZS3
MPLU3

E na segunda parte dos votos, empresas que estão com boas perspectivas p/ 2018, e estão com bons preços:

TAEE11
EGIE3
EZTC3
ABCB4


#397

Segue meus votos para a CAFI maio/18:

WIZS3: enxergo que o preço atual já reflete possível não renovação com a caixa. Em minha análise considero renovação, porém com mudança em margens ou serviços. Pra mim está em um patamar de grande desconto.

SEER3: empresa muito boa, sem dívidas. O setor em si está sendo penalizado devido ao FIES, pela minha avaliação o resultado de 2018 será um pouco pior que 2017, mas não será o FIES que vai fazer a Ser educacional acabar. Acredito que o mercado está pessimista demais com o FIES.

MPLU3: outra boa oportunidade, mais uma com pessimismo devido devido a renovação de contrato, pra mim não faz sentido a não renovação afinal e controladora detém mais de 70% da Multiplus. Provavelmente o resultado da Multiplus será impactado devido a baixa da SELIC, 2018 deve ter resultado um pouco inferior a 2017.

TIET11: uma das boas opções no setor elétrico, empresa bem gerida e com dívidas controladas.

ECOR3: acabou de apresentar resultado do 1T18 e veio bom, tudo indica que vai continuar crescendo em 2018, logo logo deve voltar para o patamar de 11 - 12. Mesmo se encontrarem algo na Lava jato a multa não deve ser expressiva a ponto de gerar impacto relevante no operacional da empresa. Empresa com receita previsível e de longo prazo, ótima opção para LP.

ALUP11: outra do setor elétrico boa administrada e com baixa alavancagem, acredito que negocia a preço interessante.

FRAS3: empresa está realizando investimentos interessantes que devem começar a gerar frutos em breve, interessante se posicionar de forma antecipada. Margens interessantes, sem dívidas.

TAEE11: outra do setor elétrico, este setor pareceu ficar parado enquanto a bolsa avança. Alavancagem sobre controle, múltiplos e dividendos interessantes.


#398

WIZS
MPLU
UGPA
FESA
GRND


#399

Itsa4
Grnd3
Abcb4
Taee11
Bbse3
unip6
Fesa4
Alup11


#400

bom dia, meus votos para o mes sao :
UGPA
MPLU3
TAEE11
BBSE3
ABCB4


#401

Já acompanho o forum já faz alguns meses e votarei pela primeira vez:

MPLU3 - dividendos e bons múltiplos
ABCB4 - lucros e dividendos
ITSA4 - sem comentários, p mim a galinha dos ovos de ouros
FLRY3 - envelhecimento da população e mto bem administrada
EGIE - dividendos e lucros consistentes
TAEE - dividendos e descontada


#402

Resultado da CAFI abril 2018:

cafi_tabela

Foi um mês ruim, muito por conta da forte queda de MPLU3, que estava com um peso elevado na CAFI (quase 1/4 da carteira), e caiu -7,3% no mês.
O único destaque positivo ficou por conta de ABCB4, com +3,4%.

cafi_graf2


#403

Na CAFI cada papel tem um peso diferente de acordo c a votacao? Se sim, nunca tinga percebido isso…pensei q era peso igual kkkm


#404

Também pensei que fosse. Faz sentido o peso ser diferente.

A CAFI continua sendo muito boa. Esse mês minha carteira teve ganho de +3,44%, no acumulado 2018 está em +4,09%.


#405

Segue minha votação, pensando sobretudo na evolução da Carteira no mês de maio. Tentando pegar as empresas com bons balanços, bons fundamentos, boas projeções, mas também focando na questão da tendencia atual. Vejam o caso da MPLU3, é um excelente case para o medio/longo prazo, mas talvez não seja a hora de comprar agora, com a faca caindo, como era tambem em abril(veja, estou falando em comprar agora para uma carteira mensal, apenas isso).

Assim sendo, segue minha votação, e para isso eu uso a configuração do meu Histograma MACD(56/26/13) captando o movimento no semanal e diario.

GRND3 - Papel vem com uma força compradora no histograma .

UNIP6 - - Papel acumulando após um período de alta

WIZS3 - Papel ainda em baixa, mas já mostrando divergencia no semanal e diario

CGAS5 - Depois de uma correção, já começa a aparecer a força compradora

BBSE3 - Como temos debatido aqui, não é um papel que no momento ofereça boa oportunidade a medio medio prazo, mas inegavel que se trata de uma bela empresa, e há divergencia momentanea no grafico diario.

RAPT4 - Após correção, vem com forte força compradora, a empresa veio muito bem em 2017, retomando o bom caminho dos lucros. Apresentou um bom guindance para esse ano(claro, somente um bom guindance não gera lucro, mas os tres primeiros meses apresentaram uma excelente evolução em termos de receitas, conforme comunicado da propria empresa)

LCAM3 - Esse é aquele etermo papel que está sempre caro, mas não para de subir. A empresa é lucrativa, não há como negar, se esta cara? Sim, está? Mas não para de subir, e após uma retração, vou apostar na continuidade da subida, até porque os dados recentes são cada vez melhores.

É isso ai, como dito, não estou colocando aqui ações para longo prazo, “para a vida toda”, mas sim colocando ações com bons fundamentos que podem gerar bom lucro nesse mês de maio.


#406

Também fiquei um pouco sem saber agora: qual o peso de cada papel na CAFI?
É equivalente ao peso do número de votos?


#407

Isso mesmo.

“Peso da carteira: Peso por votação dos papeis
Peso papel 1 = (votos no papel 1)/(total de votos dos 8 mais votados)”

Todas as regras estão no primeiro post deste tópico.