CIEL3 - Cielo


#102

#103

recomendo a leitura da minuta abaixo

https://www3.bcb.gov.br/audpub/DetalharAudienciaPage?4


#104

https://braziljournal.com/stone-negocia-abaixo-do-preco-do-ipo


#105

O bicho está pegando pra todas do setor, mesmo ainda sendo empresas muito lucrativas e com boas margens. Acredito que vão espremer ainda mais, o mercado sempre exagera, pra alta ou pra baixa. e é ai que entra os estrategistas para compra de valor…


#106

10x da Cielo a duas semanas… agora já está em 6x.


#107

#108

Fiz algumas compras e pretendo comprar mais assim que receber!! kkk
Não tenho muita esperança para o longo prazo, mas acredito que para o curto prazo ela poderá dar um retorno interessante. :slight_smile:


#109

https://braziljournal.com/mercado-pago-lanca-cartao-de-credito-e-conta-remunerada


#110

Eu vi um artigo parecido sobre o mercado pago… a concorrência tá ficando boa!! kkk


#111

#112

Alguém acompanhamento o movimento destes dois últimos dias? Grafistas de plantão o que acham da movimentação?


#113

Ao meu ver, até agora foi um repique, continua em tendência de baixa.


#114

#116

ciel


#117

Por enquanto sigo de fora. Não tive coragem de entrar :frowning:


#118

#119

Fato Relevante
Aprovação de Programa de Recompra de Ações

A CIELO S.A. (“Companhia”) (B3: CIEL3 e OTCQX: CIOXY) em atendimento ao disposto no §4º do artigo 157 da Lei 6.404/76 e na Instrução CVM 358/02, comunica a seus acionistas e aos demais interessados o seguinte:

Durante a reunião do Conselho de Administração realizada nesta data, foi aprovada a abertura de dois novos Programas de Recompra de Ações (“Programas”), por meio do qual a Diretoria foi autorizada a adquirir, em nome da Companhia, até 2.170.000 (dois milhões e cento e setenta mil) de ações ordinárias, sem valor nominal, de sua própria emissão, conforme detalhado no Comunicado sobre Negociação de Ações de Própria Emissão, preparado na forma do Anexo 30-XXXVI da Instrução CVM nº 480 divulgado nesta data.

Nos Programas ora aprovados serão adquiridas o total de até 2.170.000 (dois milhões e cento e setenta mil) de ações ordinárias, sendo que, no primeiro Programa serão adquiridas até 1.100.000 ações (um milhão e cem mil ) com prazo de vigência entre 1º de março de 2019 e 10 de março de 2019, e no segundo Programa serão adquiridas até 1.070.000 ações (um milhão e setenta mil) com prazo de vigência entre 1º de agosto de 2019 e 10 de agosto de 2019. Fica a Diretoria da Companhia autorizada a definir a oportunidade e a quantidade a ser adquirida, sempre dentro dos limites autorizados.

As operações de recompra serão realizadas em bolsa, a preços de mercado, com a intermediação da Bradesco S.A. Corretora de Títulos e Valores Mobiliários, com sede na Avenida Paulista, 1450, 7º andar, São Paulo, SP.

A aquisição das ações tem como objetivo fazer frente aos compromissos assumidos pela Companhia no âmbito dos programas de remuneração, retenção e incentivo de seus colaboradores e administradores.

Os membros do Conselho de Administração entendem que a situação financeira atual da Companhia é compatível com a possível execução dos Programas nas condições aprovadas e se sentem confortáveis de que a recompra de ações não prejudicará o cumprimento das obrigações assumidas com credores nem o pagamento de dividendos obrigatórios mínimos. Essa conclusão resulta da avaliação do potencial montante financeiro a ser empregado no Programa, levando-se em consideração (i) o nível de obrigações assumidas com credores, possuindo plena capacidade de pagamento dos compromissos financeiros assumidos; e (ii) o fato de que as operações da Companhia são fortes geradoras de caixa.