ELEK4 - Elekeiroz


#1

A empresa se apresenta no top 10 do nosso ranking da plataforma.

Recentemente a ITAUSA vendeu sua participação que detinha na empresa p/ a H.I.G. Capital, um dos principais fundos de private equity do mundo com mais de US$25 bilhões de capital sob gestão.

Segue abaixo um trecho sobre este anúncio:

elek3

Ontem divulgou os resultados do 2T 18, e vieram com um forte crescimento, tornando a empresa ainda mais barata, com P/L de 2,95:

Empresa ELEK4
Cotação atual 7,50
Preço alvo pelo PSBe esta em 49,84 com potencial de crescimento de 564%.
Pelo FCD, utilizando uma taxa de crescimento de 6% ano, p/ os próximos 5 anos, com 9% de taxa de desconto, chego a um valor de 49,81.
Na cotação atual, e considerando uma perpetuidade de 0, o mercado esta precificando pelo FCD um crescimento anual de -29% p/ os próximos 5 anos.

Ptos negativos: é uma small cap com baixa liquidez, e sem governança corporativa.
Tem de ser estudado antes a possibilidade de fechamento de capital, e o risco que isso traria p/ o investidor. Tem tag along de 80% tanto p/ a ON quanto p/ a PN.

A empresa tem de realizar uma OPA por conta da venda da participação da ITSA p/ a HIG. No laudo de avaliação o preço foi entre 5,83 a 6,39. Um valor muito baixo. Um fundo de investimento fez um pedido p/ nova assembleia e vão realizar um novo laudo de avaliação p/ a empresa. A assembléia será realizada amanhã.

elek5

Esta matéria explica um pouco melhor o assunto: https://www.lexisnexis.com.br/lexis360/noticias/664/itausa-vende-elekeiroz-por-r-289-milhoes-para-fund/


#2

FATO RELEVANTE

Prorrogação de prazo de atendimento a exigências do Ofício nº
218/2018/CVM/SRE/GER-1 - Oferta Pública de Aquisição de Ações (OPA)
http://www2.bmfbovespa.com.br/empresas/consbov/frmNBC.asp?protocolo=638292

Desse modo, o prazo para atendimento, pelo Ofertante, ao item 2(ii) e, pela
Companhia, ao item 2 (iii) do Ofício 218 encerrar-se-á em 27 de agosto de 2018 (prazo
estabelecido pela Deliberação CVM nº 463/03 para se interpor pedido de reconsideração
da decisão do Colegiado da CVM de 8 de agosto de 2018 que em síntese deliberou (i)
pelo adiamento da assembleia especial de acionistas titulares de ações de emissão da
Companhia prevista para realizar-se em 9 de agosto de 2018 e (ii) pela reapresentação
de material da OPA com revisão do preço da OPA pelo Ofertante).

Adicionalmente, caso o Ofertante venha a submeter pedido de reconsideração
da referida decisão do Colegiado, o novo prazo referido no item 2 acima ficará suspenso
até que o Colegiado da CVM aprecie o pleito em questão