Ranking da plataforma


#1

Tópico voltado p/ o debate sobre o ranking exibido pela plataforma.

Ele é voltada p/ selecionar empresas com base em valor.
Excluímos do ranking empresas sem negócios nos últimos 3 meses, e empresas com P/L e/ou P/VP negativos.
Ele é atualizado diariamente, no período da madrugada.
As empresas do ranking não são recomendações de compra/venda. Ela facilita o investidor, pré-selecionando empresas atrativas com base em valor, p/ o investidor analisar na seguida com mais detalhes.

Quando as empresas acabarem de divulgar os balanços deste trimestre, vou postar umas análises e opiniões sobre as 25 primeiras empresas do ranking.


CAFI - Carteira de Análise Fundamentalista de Investimentos
CAFI - Carteira de Análise Fundamentalista de Investimentos
Iniciantes
Avisos de Compra e Venda & Debate Sobre Carteiras
Como avaliar uma ação
Iniciantes
Analise Fundamentalista
ELEK4 - Elekeiroz
Início de Investimentos
#2

Post que escrevi no blog sobre como usar a plataforma e o ranking da PenseRico:

https://portal.penserico.com/plataforma-penserico/como-usar-a-plataforma-penserico/


CAFI - Carteira de Análise Fundamentalista de Investimentos
CAFI - Carteira de Análise Fundamentalista de Investimentos
Analise Fundamentalista
CAFI - Carteira de Análise Fundamentalista de Investimentos
#3

Usando o botão de “roda de engrenagem”, retirando empresas que se enquadrem nestes quesitos:

mico, maratonista, operacional negativo, pré-operacional, e todos os 3 últimos em estágio críticos (LL, PL e Div), e atenção no Divida bruta. A configuração muda bastante, e temos outras boas alternativas, que tendem a um “menor risco”.



CAFI - Carteira de Análise Fundamentalista de Investimentos
#4

@Cadu

No post sobre o ranking vc fala o seguinte “O ranking da plataforma leva em consideração os indicadores com base em valor, e seleciona de forma decrescente as empresas mais atrativas. Ou seja, as primeiras empresas exibidas na plataforma são as com resultado da soma dos indicadores mais atrativas para se investir.”

Vc se importaria em esmiuçar um pouquinho mais quais são os indicadores utilizados para a formulação do rankin, os pesos atribuídos e a fórmula?

Tem algum relação com a fórmula do Greenblat?

Abç e muito obrigado


Iniciantes
Dúvidas sobre a plataforma
#5

@disc126

Certamente! A ideia do ranking era usar indicadores que levassem em conta todas as empresas, incluindo as financeiras.

Com base nisso, montamos o ranking p/ este maximizar os indicadores P/L, P/VP, ROE e DY.

Então podemos dizer que é um Greenblat estendido, visto que o clássico deste usa somente P/L e ROE.


#6

Neste final do mês termina o período de divulgação dos balanços anuais de 2016, e vou fazer uma análise das novas empresas que surgiram no ranking. É quase certo que a SLED3 vai despencar, visto que no 4T 15 teve um fator não recorrente inflando os resultados, conforme já descrevi no tópico desta. Mas outra empresa agora apareceu entre os primeiros, a LOGN3.

É uma empresa que embora esteja apresentando resultado operacional negativo, também teve no 4T 16 um fator não recorrente inflando seus números. Foi a venda do negócio de Granel por 682M. Cabe lembrar que é uma empresa com maior risco, que possui um alto endividamento, e está tentando se reestruturar.


#7

Término do periodo de divulgação dos balanços, e vamos dar uma nova olhada no ranking da plataforma.
Filtrei p/ retirar empresas mico, com operacional negativo, e com divida bruta/PL em estágio crítico.


Das empresas que conheço, me surpreendi com SBSP3 e POMO3 terem aparecido no ranking. Sabesp apresentou um bom resultado, e a cotação ainda não se recuperou muito, o que fez ela subir posições. Já POMO ainda não tive tempo de analisar p/ ver se teve algum fator não recorrente em 2016 (o que eu suspeito que tenha tido).

O primeiro colocado foi BNBR3. Vendo o gráfico do lucro líquido percebemos que no 4T 16 teve uma alta muito forte:

Fui procurar mais informações sobre a empresa. Seu principal controlador é a União Federal, com 51% das ações, e em seguida temos o fundo Bb Fgeduc Fi Multimercado com 35% das ações. É uma small cap, estatal, e sem governança corporativa. Isso por si só já representa um maior risco no investimento.

Foi difícil achar informações sobre a empresa, visto que o site do RI é limitadíssimo. Olhando o balanço, percebe-se que a empresa teve um ganho de 667M em IR diferido, que deu um gás no lucro liquido. Olhando o resultado operacional, percebemos que a empresa oscila muito, sendo que em 2015 o resultado foi muito fraco. Em 2014 reportou 1.1B, em 2015 foi 238M, e agora em 2016 teve 442M.

É uma empresa que sem dúvida tem um potencial de valorização muito grande, mas tb apresenta um risco mais elevado.


CAFI - Carteira de Análise Fundamentalista de Investimentos
CAFI - Carteira de Análise Fundamentalista de Investimentos
CAFI - Carteira de Análise Fundamentalista de Investimentos
CAFI - Carteira de Análise Fundamentalista de Investimentos
CAFI - Carteira de Análise Fundamentalista de Investimentos
CAFI - Carteira de Análise Fundamentalista de Investimentos
#8

Boa Tarde Cadu !

As empresas da Plataforma PenseRico estão com uma porcentagem do lado do TICKET das mesmas, ou seja, conforme dito por você “O ranking da plataforma leva em consideração os indicadores com base em valor, e seleciona de forma decrescente as empresas mais atrativas. Ou seja, as primeiras empresas exibidas na plataforma são as com resultado da soma dos indicadores mais atrativas para se investir.” Teoricamente as que possui as maiores porcentagem são as melhores para se investir. As dúvidas são as seguintes:

  • Todas as listadas na plataforma Pense Rico pagam dividendos?

  • A partir de quantos % dos indicadores com base em valor de cada empresa listada na plataforma eu tenho que começar a levar em consideração ? Por exemplo, as empresas com a partir de 80% ou mais dos indicadores com base em valor eu devo investir ? As demais posso considerar como ruins para investir ?

  • Eu devo primeiramente observar os melhores indicadores com base em valor, e após isso, observar os outros parâmetros da empresa a qual a plataforma Pense Rico me oferece ?

Agradeço os esclarecimentos. Abraços !


#9

Ola @adrianofreire,
Vamos as respostas:

1- sim, todas as empresas que estão no ranking pagam dividendos, pois um dos critérios para classificação dele é o DY. Mas lembre-se que uma empresa só paga dividendos se ela tiver lucro para distribuir, logo se alguma destas empresas que estão bem classificadas hoje começarem a apresentar prejuízo, o DY fututo pode ir a zero. Por isso é fundamental acompanhar os resultados trimestrais.

2- Diria que até os 65% aproximadamente vc tem empresas boas a bons preços. Mas quanto mais alta a posição da empresa no ranking, mais barata do pto de vista de valor ela se encontra. Porém cabe lembrar que algumas empresas apresentam distorções no resultado que inflaram seus indicadores. Um exemplo disso são as duas primeiras empresas do ranking hoje (explico melhor sobre elas no topico respectivo destas). Outras estão muito baratas pois apresentam maior risco, como por exemplo uma estatal ou uma small cap sem governança corporativa,

As demais não seriam ruins, mas sim “caras” do pto de vista de valor. Veja por exemplo a Weg, falei sobre ela recentemente no topico desta, que embora seja uma excelente empresa, está cara hoje.

3- Exatamente. O ranking é para fazer uma pré seleção das empresas boas e baratas. Depois disso, cabe ao investidor analisar melhor cada empresa escolhida, conforme seus objetivos e perfil.


#10

Muito obrigado Cadu pelos esclarecimentos!!


#11

Boa Tarde Cadu !

Eu já acessei o Relatório da Pense Rico e já anotei as empresas e FII que você indicou para estudo para que eu possa escolher as melhores opções e montar a minha carteira de investimentos. Quais são os parâmetros que eu devo escolher na hora de decidir, de fato, em qual empresa devo investir ? Existe algum artigo ou informação em alguma parte do fórum para que eu venha aprender e conseguir decidir por conta própria ?

Agradeço mais uma vez a paciência em me esclarecer as dúvidas.


#12

Fala @adrianofreire, dê uma olhada nesses dois artigos. vai ter praticamente tudo o que precisa:



#13

Valeu Rafael vou dar uma lida !..Abraços !


#14

Explicando melhor o porque temos muitas empresas de menor liquidez no topo do ranking: Avisos de compra/venda e debate sobre carteiras


#15

Dando uma olhada na rentabilidade de BNBR3, que está em primeiro lugar no ranking deste do 2T 16.

Nestes 3 meses, o ativo subiu 50%, contra 12% do IBOV. Sei que BNBR3 é um ativo de maior risco, por ter menor liquidez e é uma estatal, além disso apresentou fatores não recorrentes que inflaram os números, e expliquei sobre tudo isso após os resultados do 2T 16, no tópico de BNBR3.

Mas o pto que quero chamar a atenção é que o objetivo principal do ranking da plataforma é exibir empresas descontadas com base em valor, facilitando a vida do investidor, que pode com maior facilidade fazer um pré filtro de empresas p/ analisar. Além disso ela me mostrou empresas que não conhecia antes, e que dificilmente teria conhecido se não fosse pelo ranking. E a plataforma tem feito isso com sucesso. Tanto que hoje eu só uso ela nas análises p/ investimento em ações.


#16

Após o 2T 18, este é o top 10 do ranking hoje:

Algumas considerações:

  • Financeiras Estatais: BSLI, BRSR, BNBR. Em época de pré eleição, apresentam um risco mais elevado. Além disso temos outra estatal ali: SAPR, que embora possua mecanismos de maior proteção aos acionistas, sofre da influência política nas revisões tarifárias. São todas empresas muito descontadas, mas o quão baratas elas estão só saberemos depois das eleições.

  • MERC4 não tem tag along (e a ON não tem liquidez), o que torna o investimento aqui arriscado.

  • Itaúsa acabou de vender sua participação na ELEK, que tem reportado bons resultados. Agora a diretoria tem de estender esta oferta aos minoritários, mas o primeiro laudo de avaliação não agradou, e um novo laudo deve ser feito em breve. Mais detalhes no tópico especifico dela.

  • GPCP tem um fluxo de caixa mais instável, e algum fator não recorrente impactou positivamente os resultado do 4T 17. No 2T 18 reportou prejuízo.

  • NAFG gostei dos números da empresa. Possui tag along de 80% tanto na ON quanto na PN, e vem mostrando evolução nos números. O problema é a sua total falta de liquidez. Hoje no book não tem nenhuma oferta nem de compra ou venda, e as vezes fica meses sem ter um negócio.

  • ABCB e FESA, ao meu ver são as duas empresas do topo do ranking com risco x retorno mais atrativos.


#17

Muito bem avaliado, ótimas observações.