Iniciante em Investimento Exterior - Quantidade "baixa"

Boa tarde, pessoal.

Primeiramente agradecer ao http://viverdedividendos.org pelo conteúdo e informações prestadas para nós.

Estou lendo bastante o blog e até tirando algumas dúvidas via Whatsapp hehe referente a RV.

Tenho conhecimento sobre RF e gostaria de ir para a RF no Exterior, mas assim como tudo que é novo, fico com receio e medo de dar alguma coisa errada rsrs.

O que pretendo?

Pretendo começar a investir em Ações nos EUA e assim como no título do tópico diz, com uma quantidade “baixa” mensal, algo em torno de R$ 300 / 400.

Algumas perguntas:

  • Compensa começar a investir com esses tipos de valores? (Fico naquela, se esperar juntar “muito” pra investir, posso estar perdendo dinheiro/tempo, sem contar essa procrastinação rsrs)
  • O Custo inviabiliza esses investimentos? (Também vem o pensamento de: - Nossa vai me cobrar $xx por aplicação de R$ 300/400, será que compensa) ?

Estou lendo o tópico Investimentos exterior amanhã pretendo abrir conta na DriveWealth para começar a saga hehe

O que pessoal mais experiente diz? É por ai mesmo?

Abraços,
Micael

2 Curtidas

O @viverdedividendos depois pode dizer melhor sobre, mas vou deixar minha opinião.
Não creio que a remessa neste valor mensalmente compense, pois as taxas vão ser elevadas. Talvez uma alternativa seja ir deixando este valor de aporte mensal em alguma conta bancária que seja remunerada pelo CDI. Com isso, quando completar uns 2k, aí sim já começaria a valer a pena transferir p/ os EUA.

4 Curtidas

eu também concordo com o @cadu eu mesmo no começo juntava uns 4 meses pra fazer 2 remessas no ano, é que na época o custo era muito maior do que hoje.

com 2.000,00 a 2.200,00 vc já começa a ficar interessante o envio, então não fica tão difícil quanto antes, tá muito mais fácil com o surgimento da remessa online.

acho que vc fazer a estratégia sugerido pelo Cadu de colocar numa RF aí até chegar no valor e depois mandar a grana pra fora protegendo o seu capital em dólar, é uma estratégia interessante pra quem ainda está com valores menores.

3 Curtidas

Bom dia, pessoal!

Entendi o que colocaram e vou fazer dessa forma mesmo. Vou juntar mais ou menos essa quantia de 2.000,00 (acumulando em alguma RF) e depois começar a enviar para lá. Quero ver se pelo menos a conta na DriveWealth essa semana ainda.

Quando começar a investir vou ter mais dúvidas e posto aqui hehe

Obrigado,
Micael

1 Curtida

Pessoal, alguém tem conta na Avenue Securities? Recomendam?

Porque não fazer na DriveWealth?

Gostei da proposta da Avenue, de ser uma corretora nos Eua, nas voltada pra brasileiros, principalmente. E os custos de transação não são altos (R$ 20,00 por ordem).

Eu tenho na DW, e a maioria das pessoas que conheço que tem investimento no exterior tb.

Como é muito mais complicado resolver as coisas fora do Brasil, acho que o ideal é ter conta onde mais gente tem, se tem algum problema tem mais gente no mesmo barco… Entrar em processo junto, dividir despesas etc.

Alem disso o custo com as ordem é ate inferior a isso.

2 Curtidas

Abri essa semana uma conta na interactive brokers.
https://www.interactivebrokers.co.uk/

É a maior e uma das mais tradicionais e completas americanas; é listada em bolsa e está aí desde a década de 70. Uma coisa interessante, ela dá acesso à negociação em cerca de 40 bolsas internacionais (NYSE, NASDAQ, LSE, AUX, Toronto, Hong Kong, Frankfurt, Mexico…) Achei mais atrativo do que a DriveWealth (fora que ninguém dos EUA que eu falava conhecia direito essa)

Custos: 10 USD mensais de custódia que funciona como consumação em bar, pode gastar isso em corretagem. Corretagem nos EUA é meio estranho (na maioria é pelo número de ações que negocia, e não por ordem, mas com uns valores mínimos). Bem, isso dá pra fazer umas 3-4 operações por mês… na drivewealth iria custar uns 5 dólares mais ou menos, mas achei mais negócio ficar nessa aqui.

Esperando entrar a transferencia que fiz… usei remessa online, taxas muito boas por sinal, o spread em relação a PTAX dá 1-1.5% já com IOF incluso.

3 Curtidas

A Interactive Brokers é uma corretora muito boa (pelos comentários que já vi). A grande vantagem dela é o acesso ao mercado internacional.

O que você deve ficar atento são aos custos, a tributação (essa que é de dar dor de cabeca) e as regras de cada mercado.

Por exemplo, se for investir no Canadá as ordens mínimas são de U$$500,00 (não tem limite de ações). Já nos EUA é fracionado o mercado. Ja em Cingapura o lote mínimo é de 100 ações. Em Hong Kong tem o lote senhoril que é definido por empresa e pode variar de 1 ação a 1000 ações. É bom pesquisar antes de investir, pois cada país tem uma regra.

Em relação a tributação procure pesquisar no Google pela língua do país, pois é mais fácil obter informações e use o Google Tradutor.

Cara se atente ao tipo de conta, porque os EUA tem uma taxa absurda sobre herança. Então o melhor é abrir uma conta que passa para o controle do seu filho/conjuge se você bater as botas…

1 Curtida

Na verdade a conta não passa para ninguém depois que vc morre, é uma conta conjunta, que ambos devem colocar na declaração do IR, e ambos podem fazer o que quiser com a conta.

1 Curtida
  1. Muito obrigado pela info dos lotes mínimos…
    É… por hora a ideia é, além de EUA, ações do Canadá, Austrália e UK… Se alguém já operou esses mercados, aceito dicas de tributação… Enquanto não entendo direito esses, ficar com as minhas americanas mapeadas (e ADRs de lá).

  2. Não pretendo morrer tão cedo… então deixo esse problema pra depois!!

  3. Bem, mercado de bolsa no exterior é um mundo a parte, se alguém já investe, está começando a investir, se quiser manda whats por msg… minha network nisso é zero… ia bem um grupo de whatsapp daqui a pouco.

Abç

1 Curtida

Eu gosto muito de investimento no exterior.

Mas pra mim, como não tenho muito dinheiro, acho que apenas as ações nos EUA, não suficientes. Não penso no curto médio prazo em investir em outro mercado…

Um tempo atrás pensei na China, mas lá é bem complicado, aí desisti…

1 Curtida

Tem alguns países que são bem interessantes: Canadá, Austrália, Hong Kong e Cingapura. Principalmente, se quiser formar uma carteira de Reits para o longo prazo. Já na Europa os Reits não são tão evoluídos como nos demais países, mas lá tem a vantagem de muitas empresas terem grandes participações em outras empresas no mundo todo. No jargão Peter Lynch são “ativos ocultos” que valem a pena analisar.

O interessante é poder investir em empresas de setores que a gente não tem acesso no Brasil… Quer investir em empresa de tecnologia? No Brasil as melhores são Linx e Sinquia, que não agradam muito… Quer empresa de cimento? Nem tem na bolsa…

Quando se quer em nichos bem específicos que se tem uma tese interessante, tem 4 ou 5 no mundo, espalhada uma em cada bolsa, ou com oportunidades regionais… Gosta de varejo? Bem, isso está bem desenvolvido nos EUA, Europa, no brasil a era disso foi nos 2000… agora mira China ou India…

Depende da estratégia!

A vantagem principal que eu vejo no exterior é você formar uma carteira de longo prazo com foco em aposentadoria, renda e acumulo de patrimônio. Aqui no Brasil nós ficamos muito limitados nesse ponto, além da necessidade de acompanhar constantemente as empresas/ações e FIIs daqui.

1 Curtida

Tem várias coisas interessantes…
Mesmo se tu quiser ter só petro e vale, pode comprar lá e vender 35k por mês sem pagar imposto… além dos 20k aqui…
:wink: a se pensar…

A minha ideia inicial é uma carteira de valor/crescimento, com ativos de alto-risco e alto-retorno.
Ou boas teses em empresas de crescimentos…
Ou empresas muito descolada no valuation, que espero correção ao longo do tempo (ex. apanhando por commodities)…

Mas concordo com teu ponto @tygoufaynanchal … o mercado lá é muito mais maduro e sério… com muito mais segurança para o minoritário!

1 Curtida

Por outro lado, é taxado nos dividendos, e não pode acumular prejuízos para abater no IR de lucros futuros.

2 Curtidas

Só que lá vc vai pagar 30% de imposto sobre os dividendos.

Pra mim, a grande vantagem é ser uma economia muito superior à nossa. Com uma quantidade de empresas muito superior à nossa…

Se não me engano, só a Apple tem o valor de mercado maior que o Bovespa, se não me engano…

2 Curtidas