Melhor banco para se ter conta?

Boa tarde, foristas. Passei o ano de 2020 testando alguns bancos digitais e comparando com os bancões. Gostaria de compartilhar minhas opiniões e tirar algumas dúvidas.

Nubank - em 2021 não vejo motivos para ter um nubank. Sinto que ele parou no tempo e mesmo com o easyinvest não vejo motivos pra estar lá

Inter - o mais completo em serviços. Possui investimentos, inclusive na bolsa. Ser um cliente Black te dá 1% de cashback no uso do cartão. Possui vários acordos com lojas online e dá cashbacks usualmente entre 2 a 10%. Investimento também dá cashback. Me pergunto até quando essa mamata vai durar

C6 - foi criado para atender o público de alta renda. Possui contas internacionais em dólar e euro com cartão que paga iof baixíssimo. Possui um programa de pontos que parece mt similar ao do Itau e afins

Eu vejo vantagem em utilizar os bancos digitais pois posso ser cliente black com pouco capital no banco (150k). Por outro lado, os serviços são mais limitados que os bancões. Se eu colocar todo meu dinheiro em um bancão não devo nem ter isenção na tarifa do cartão…

Estou achando que o ideal é o combo Inter (principal) e C6 (para uso internacional).

Queria tirar uma dúvida com quem manja. O que vale mais a pena: 1% de cashback no cartão ou milhas tradicionais? Estou cogitando me tornar Black no inter para usufruir desse 1% de cashback.

Qual a opinião de vocês?

3 Curtidas

Eu vejo vantagem em utilizar os bancos digitais pois posso ser cliente black com pouco capital no banco (150k)

150 você consegue ser cliente personnalité no Itaú automaticamente, se nada mudou. Não sei se ainda dão cartão black/platinum sem anuidade automaticamente nesses casos, mas acontecia

1 Curtida

Pelo site eles falam que precisa de 1m pra ter isenção do cartão lá. Já ouvi relatos de gente que conseguiu por bem menos.

Também cheguei a uma conclusão parecida à sua, não estou usando mais minha conta do Nubank.

Uso Banco Inter, Bs2 e PicPay.

Banco Inter: Banco digital mais completo, com corretora integrada e cash back no Cartão de Credito.

Banco BS2: Conta em Dólar gratuita, uso o cartão em Dólar para transferir para corretora no exterior Trading212.

PicPay: é o que tem mais promoções no comercio da minha cidade, e tem boas promoções no App, está oferecendo Cartão com cashback, mas que ainda não pedi.

Fiz Conta no Next para saques no Brasdesco mas nunca usei.

Talvez farei conta no C6, mas já tenho a TAG gratuita do Veloe, só farei no futuro quando for viajar para o exterior, já que o cartão BS2 cobra taxa adicional para moedas que não seja o Dólar como Euro e Peso.

Tenho conta gratuita vitalicia do Itau migrada do Unibanco que não uso, e cancelei a conta no Banco do Brasil.
Poupança na Caixa que também não uso.

Outros Cartões:
Magazine Luiza Ouro Itaucard: Anuidade gratituita parcelamento 24x sem juros no Magazine Luiza, mas não aumentou meu limite de R$900, mesmo tendo um bom Score.

Cartão Carrefour: 20x sem juros no Carrefour e Limite gigantesco R$ 7000 sem comprovação de renda, mas tem que usar no Carrefour todo o mês para ter anuidade isenta, até atrapalhou meu limite de Credito Score para fazer outros cartões, mas ainda não desbloqueei, acho que vou cancelar.

1 Curtida

Tenho conta PF no Bradesco e Inter. E conta PJ no Bradesco.

Pra receber pagamentos pelo meu trabalho, prefiro que os recursos sejam enviados pro Bradesco, me dá mais segurança. Deixo parte da reserva de emergência parado na conta, liquidez maior que isso só dinheiro vivo. Todas as contas em débito automático estão lá também. Não tive de ir resolver praticamente nada na agência durante este ano, exceto quando troquei de celular e tive de cadastrar novamente os tokens das 2 contas (PF e PJ). Dizem que o Bradescão é banco do povão, sou povão então hehe…

Abri conta no Inter pra fazer TEDs de graça pra Clear, ainda faço isso até hoje. Não uso o HB do Inter, só o da Clear mesmo, que melhorou muito após mudança pra plataforma Pro.

Já investi 1 vez no CDB de liquidez diária do Inter, valor pequeno de 5k, saquei pra mandar pra Clear e comprar ações.

Na minha vida, nunca tinha usado cartão de crédito para compras até o início da pandemia. O único cartão de crédito que já tive na vida é o do Inter, funciona super bem, deixo o pagamento da fatura em 1x sem juros no débito automático. Não dou bola se o cartão é Black, Platinum ou qualquer outra coisa, quero apenas que a conta e o cartão funcionem. Comecei com limite no cartão do Inter em 2k. Eles aumentaram o limite em 2 ocasiões, atualmente está em 32,5k. Uso somente uns 3k do limite pra compras de supermercado. O cashback do cartão acho que não chega a 1%. Mas, tem cashbacks maiores nas lojas parceiras.

Nunca me interessei em ser Bradesco Prime, os benefícios não superam nem de longe aos investimentos em ações feitos pela plataforma da Clear. No Bradesco, fica meu dinheiro de pagar as continhas de todos os dias, não tenho cartão de crédito nem na conta PF e nem na PJ, pedi pra cancelar tudo.

Espero ter ajudado.

2 Curtidas

Depende da cotação do dólar, mas atualmente para um cartão de casback superar os pontos seria necessário no mínimo 1.5%, considerando um cartão com conversão de 2 pontos por dólar gasto.

1 Curtida

Ajudou sim! Obrigado. Eu quero me livrar totalmente dos bancões e forcar em um único banco, até eu ter dinheiro suficiente pra ser recebido com tapete vermelho em um bancão hahahah

Eu fiz uns cálculos rápidos utilizando alguns produtos das lojas de pontos dos apps e também utilizando os achados deste artigo. Para passagens de primeira classe o valor chega a ser acima de 5%.

image

Pelo max milhas, na venda rápida, dá próximo a 1,1%

Por outro lado, eu vejo meu pai que passou anos acumulando pontos multiplus e a latam está para falir…

1 Curtida

Tenho conta no BB para PF e PJ. Estou como cliente Estilo (Fiz um investimento de 10mil num fundo multimercado), tenho cartao de crédito infinity com um limite alto. Não pago anuidade do cartão. Pago 72 reais de tarifa de manutenção de conta que pode ser revestida em troca no clube de benefícios… sempre recupera 70 reais em presentes para as crianças e 2 reais deixo de doação. Gerente resolve tudo pelo whatsapp. Não tenho nada a reclamar. É o meu banco principal pra PF e PJ.

Tenho conta na caixa PJ e PF. Atendimento melhorou muito desde 2019. Top mesmo!

Tenho no Santander. Decepção total. Só passo raiva com o atendimento horrivel que tenho lá. Tenho conta PJ e PF (Van Gogh). Devo sair o quanto antes. Tenho dúvidas quanto ao desempenho do Santander, baseado na minha experiência.

E por fim abri uma conta no Banco Inter apenas PF basicamente para investimento. Uso HB do Inter.

E recomendo experimentar os serviços do BB. Estou muito satisfeito com o atendimento e o custo baixo para manutenção da conta. Com o PIX não vejo nenhuma necessidade usar bancos digitais. Acredito que o BB é um dos bancos mais preparados para enfrentar a digitalização dos bancos.

3 Curtidas

Na conversão dos pontos você tem que considerar que sempre haverá bônus de transferência para as companhias áreas. Por exemplo, você acumulou 100k de pontos em um ano, depois da transferência você obterá 130k com um bônus de 30%. Depois de transferido você poderá vender os pontos ou comprar passagens áreas. Eu normalmente vendo.

Satisfeito com o BB, recomendo da uma olhada nele.

3 Curtidas

Tenho conta no BB meio que por conta do destino.
Minha conta original era no finado Banespa, aberta em 1982. O Quercia e o Fleury detonaram as finanças do Banespa, da Cesp e do Estado de São Paulo. Então o governo federal assumiu o controle do Banespa e privatizou para o Santander. Fazia parte do pacote a manutenção de contas iguais a minha, então virei Santander por default. Passados cinco anos expirou a cláusula e minha conta foi transferida por default para a Nossa Caixa, então, o novo banco estadual. Posteriormente, o BB assumiu o controle do Nossa Caixa e minha conta, implicitamente, virou BB.
Em resumo de certa forma só tive uma conta bancária principal.
Quando morei nos USA, UK e mesmo outros lugares do Brasil tive contas temporárias. Uma que me lembro foi no Bradesco da qual eu não gostava muito. Também acho que já tive conta na CEF, lá eu tinha impressão que os funcionários sempre estavam fazendo operação tartaruga. Na época não foi uma boa experiência.
Hoje até que estou contente com o BB por conta de fazer lá bastante alavancagem, pois, depois de muitas décadas aprendi com o Robert Kyosaki que alavancagem (responsável) é excelente. Na época que vi o vídeo nem sabia quem era Robert Kyosaki, mas foi algo que me influenciou muito em como encarar o dinheiro.

1 Curtida

Eu comecei com Banrisul, depois migrei pro Bradesco e foi só aborrecimento.

Agora vou dar uma chance ao BTG+, que tem um programa de cashback (R$1 a cada R$100 gastos). Tem fila de espera, mas quem já tem conta de investimentos pode ter acesso antecipado. Estou aguardando meu cartão.

Sempre tive conta no BB e nunca paguei tarifa por conta do relacionamento (fundos de investimento, seguros, salário creditado em conta, etc.). Por outro lado nunca consegui um cartão sem anuidade. Até que achei no site do banco uma parceria com o cartão Petrobrás. Solicitei no site do banco sem falar com ninguém. O limite é bom, sem anuidade e a fatura debita direto na conta com direito a cashback com uma certa quantidade de pontos.

BB zerou as taxas de custódia e corretagem para FIIs. Acredito que em pouco tempo o mesmo vai acontecer para ações. Também baixou as taxas de administração para os fundos passivos do Ibovespa e do Ibrx e já manifestaram a intenção de baixar ainda mais em 2021.

Enfim, me atende a ponto de até hoje não ter visto necessidade de abrir conta em outro banco. Só tenho conta na clear pra carteira de ações.

1 Curtida

Desses 3, o único que dá lucro é o Inter.
Saindo dos bancões é importante ter essa atenção, pois instituições financeiras quebram vez ou outra.

  1. Muita gente já teve conta, inclusive eu:
    Captura de Tela 2020-12-28 às 07.29.30
  2. Encerrei minha conta pouco mais de um ano antes de quebrar:
    Captura de Tela 2020-12-28 às 07.30.31

Esses benefícios são sempre em troca de formar uma estrutura de captação que ainda não existe e emprestar o dinheiro. Os bancos maiores e mais antigos vão estar sempre um passo atrás pois já não precisam ser tão agressivos. Acho que o negócio é testar e ver a experiência em cada um mas verificar sempre se o seu dinheiro está sendo bem guardado. Boa sorte!

2 Curtidas

Em relação a cartão, eu tenho o PAN Mooba, 1% de cashback e isenta a anuidade gastando 1,5K/mês.

Esse foi o motivo que optei por migrar meu salário para o Bradesco. Utilizava o Elo Naquim e consegui a isenção somente por 2 anos, no terceiro ano, o Banco do Brasil começou a cobrar a anuidade, cancelei o cartão de crédito e a cesta de serviços. Outro ponto negativo do Banco do Brasil é que eles são muitos amadores quando o assunto é financiamento imobiliário, levei algumas propostas para serem cobertas pelo BB e não obtive nenhuma resposta.

Hoje ainda sou correntista, sobretudo porque considero ótimo o app do banco e porque sempre tem uma agência do BB em qualquer lugar pra saque.

No Bradesco por enquanto está tudo OK, estou utilizando o cartão Elo Naquim Dinners e os critérios para isenção de anuidade são bem claros. Pretendo futuramente solicitar o cartão da XP para deixar de reserva.

Hoje utilizo o Nubank, Bradesco e Banco do Brasil. Recentemente voltei a usar o Banco Inter. Não pago cesta de serviços em nenhum banco.

Obrigado a todos pelas respostas! Eu gosto muuuito mais do Inter do que de qualquer outro banco digital, porém acho 1% de cashback muito pouco. Se estivesse próximo dos 2% eu estaria bem mais confortável!

Acho que vou fixar no C6 pela facilidade das contas internacionais e saber que o banco planeja focar em um perfil de alta renda. Sei que o C6 tem a intenção de revolucionar o mercado e abrir contas de investimento internacionais também. Vou apostar no futuro dele, e se não der certo, posso migrar meus pontos pra SMILES ou LATAM e vender pelo equivalente a um cashback de pelo menos 1%. O C6 também tem “descontos” especiais em diversas lojas. A parte chata é que nem todos são automáticos como no Inter…

Agora que banco virou “commodity” a gente vai passar por um processo bem chato de briga entre instituições e excesso de oferta, até que só os fortes sobreviverão e se solidificarão no mercado. Até lá vamos ter 1 banco abrindo por mês…

Concordo! Eu acesso o bancodata de 6 em 6 meses pra garantir!

1 Curtida

Sou cliente do C6 Bank há apenas 2 meses. Em resumo, não deveria haver muito o que elogiar ou reclamar. É um banco muito recente. O app é muito simples e com poucas opções. Quanto a isso, nem se compara ao app do Banco do Brasil, que é extremamente completo e funcional.

Um ponto que me incomoda no C6 Bank é que não tem internet banking (ou seja, não tem versão web). Tudo é feito pelo celular e somente pelo celular. A plataforma de investimentos também é bastante limitada. Escassas ofertas de CDBs e uma gama reduzida de fundos de investimentos em comparação às corretoras (por exemplo, não há nenhum fundo da Kapitalo, BTG Pactual ou XP).

A única reclamação que realmente pesa no C6 Bank para mim é em relação ao atendimento, que é péssimo. Até hoje não tive nenhum problema com o banco, mas torço para nunca ter, pois o atendimento é precário. No próprio app, o chat é, na verdade, um bot. Para conseguir falar com um “especialista” é preciso se valer de alguns truques para burlar o bot.

O programa de pontos tem uma versão gratuita. A cada R$ 1,00 em crédito tem-se 0,05 pontos, então demora-se bastante para trocar pontos por algo na store. O fone de ouvido mais barato da store custa meros 3.000 pontos. Mas existem dois programas de aceleração de pontos. E há algumas parcerias interessantes com lojas, que oferecem desconto no carrinho ao pagar com o C6 Bank.

Quanto às contas internacionais, não posso opinar, pois não as tenho.

Acho que esses são os pontos dignos de alerta. No mais, é um banco que atende a minha necessidade: ser digital e sem cobranças.

Por fim, antes de confiar no potencial do C6 Bank, eu recomendaria fortemente uma análise no Banco Data de seus índices. E também uma pesquisa sobre a recente polêmica dos consignados não autorizados.

Concordo plenamente que o Nubank parou no tempo, deixei de usar para focar no Inter, abri conta para filha menor, leque maior de serviços e o dobro de limite que o Nubank me ofereceu, todos estes serviços tentei aderir ou melhorar e me negaram, PJ ainda utilizo a CEF pois meus clientes não aceitam ainda PJ de banco digital.

estou no NU e sigo, por sua simplicidade de funcionamento, débito e crédito sem anuidade, mais a rentabilidade selic em algo que é praticamente uma “conta corrente”, pelo menos pra dar abatida na inflação,
fui pra lá inicialmente pelos tempos em que já não cobrava TED quando quase todos cobravam, não busco nada muito especial em um banco além disso no fim das contas, nunca precisei usar o limite deles acima da fatura, acho que isso vai depender muito do que cada cliente quer, infelizmente quando criei a conta lá eles ainda não tinham a Easy, então segui na Modal com meus ativos,

aí já entro em comentário sobre este outro banco que, primeiramente, virou banco, era somente corretora (Modal), e melhorou muito seus recursos no site, obviamente sem agências na maior parte do país, mas é o banco dos meus ativos, com cartão débito caso eu precise usar meus dividendos pra algo, não cobra TED também, novamente, para este banco repito oque falei sobre o anterior, para meu uso simples, está tudo perfeito, único problema mesmo foi quando meu pai bloqueou o token dele por errar demais aí tivemos que abrir PROCON pra desbloquear porque o atendimento foi péssimo, mesmo assim devo levar em consideração que foi no início da pandemia oque dá pra entender até, com a bagunça empresarial que foi, apesar disso, outros suportes que precisei atenderam,

na nossa empresa, usamos Itaú, já estive em CEF e BB, e respectivamente os atendimentos eram terrível e mediano pra baixo, o Itaú não tem nem comparação em termos de facilidade de uso no sistema, para boletos, pagamentos, transferências e tudo mais… qualquer probleminha que tive no Itaú foi resolvido e foi cócegas comparado aos possuidores das malditas golden shares,

enfim estes são meus relatos de uso bancário