Palavras para atravessar a crise

Pessoal, muito boa noite. Estamos num momento de dificuldades, apreensão e incertezas. Como cidadãos e como investidores. Nestas situações, além de tudo que lemos, estudamos e vivenciamos no mercado, é especialmente nosso arcabouço emocional que é colocado a prova. E que provas!! Devo MUITO a vocês e a este fórum maravilhoso, cheio de excelentes ensinamentos e colaboração entre todos os foristas. Muito obrigado!

Vou deixar aqui algumas palavras que têm sido lembradas por mim e que constituem companhia para manter-me atento e calmo em meio a tanta irracionalidade. São discursos de personagens da história ou trechos de livros que aparecem espontaneamente em minha mente e que me ajudam a me guiar nestes dias difíceis. Espero que também aproveitem.

9 Curtidas

“Diz-se que, certa vez, um monarca do Oriente ordenou a seus sábios que inventassem uma frase, para sempre ser vista e que deveria ser verdadeira e apropriada a qualquer tempo e em qualquer situação. Eles lhe apresentaram as palavras: ‘E isso também passará’. Como elas são expressivas! Que golpe no orgulho! Que consolo nas profundezas da aflição! ‘E isso também passará.’ E no entanto, esperemos que não seja muito verdade” – Abraham Lincoln, discurso para a Sociedade de Agricultura do estado de Winconsin, Milwaukee, 30 de setembro de 1859, em Abraham Lincoln: Speeches and Writings, 1859-1865 [Abraham Lincoln: discursos e escritos, 1859-1865] (Library of America, 1985), v.II, p.101.

17 Curtidas

Muito legal! :clap:

1 Curtida

Soldiers, Sailors and Airmen of the Allied Expeditionary Force!
You are about to embark upon the Great Crusade, toward which we have
striven these many months. The eyes of the world are upon you. The
hopes and prayers of liberty-loving people everywhere march with you.
(…)
The tide has turned! The free men of the world are marching together to
Victory!

I have full confidence in your courage and devotion to duty and skill in
battle. We will accept nothing less than full Victory!

Good luck! And let us beseech the blessing of Almighty God upon this great
and noble undertaking.

SIGNED: Dwight D. Eisenhower - D Day Speech
Order of the Day: 6 June 1944

6 Curtidas

:clap::clap::clap::clap::clap::clap::clap::clap:

2 Curtidas

Muito bom. :+1:

1 Curtida

Bom, vou contar meu caso e espero que ajude alguém.
Entrei em Janeiro, fazendo aportes regulares. Perto do final de Janeiro estava com 25% de capital alocado em RV. Meu planejamento era ter 30%.
Foi passando o tempo e hoje estou bem negativo. O mais difícil é pensar que o valor que diminuiu é proveniente de trabalho e não de investimentos.
A parte boa acredito que está principalmente no aprendizado e no amadurecimento. Quando começaram as quedas eu estava assustado com -0,8%, depois com 2%. Nunca acreditei realmente que chegaria a -20%, -30%. Saber que pode acontecer é muito diferente de sentir acontecer.
No entanto, nenhuma perda até agora. Sem vendas.
Enfim, nesse momento o fórum e os foristas estão ajudando muito. Tenho certeza de que aqueles que passarem por essa crise e continuarem na RV vão ver o sol brilhar novamente. Que todos saiam mais fortalecidos do que nunca.
Aqui ninguém solta a mão de ninguém.

12 Curtidas

“Eu sei o que é estar em necessidade e sei o que é ter muito. Eu aprendi o segredo de estar contente em toda e qualquer situação, seja bem alimentada ou com fome, seja vivendo em abundância ou em falta. Eu posso fazer tudo isso através daquele que me fortalece".

Filipenses 4: 12-13

23 Curtidas

Lembrando da máxima:
’Lucro é feito quando se compra, não quando se vende’
A 115k de ibov não estava caro… agora que está ridículo o preço. Só vai perder quando tirar teu dinheiro da RV e ou gastar ou colocar na RF…

11 Curtidas

Uma das minhas frases favoritas:

"Mar calmo nunca fez bom marinheiro."

(sim, teve uma casa de research que recentemente enviou um e-mail com essa frase… porém, eu já conheço e gosto dela a muito mais tempo)

16 Curtidas

“ O verdadeiro investidor raramente é forçado a vender suas ações e está livre, grosso modo, para desconsiderar a cotação atual. Ele precisa prestar atenção no preço e levá-lo em consideração em suas atividades na medida em que isso interesse a ele, e não mais. Portanto, o investidor que se deixa influenciar pela massa ou se preocupar sem razão com o efeito de quedas do mercado injustificadas sobre sua carteira está transformando, de forma perversa, sua vantagem básica em uma desvantagem básica. Este indivíduo estaria, então, em uma melhor situação se suas ações não fossem cotadas em bolsa, pois seria poupado da angústia causada pelos erros de avaliação de outras pessoas ”.
Benjamin Graham: “O Investidor Inteligente” (ed. 1973), edição brasileira Harper Collins Brasil, Rio de Janeiro, 2017, p. 234.

12 Curtidas

Que passagem fenomenal!!

6 Curtidas

Era uma vez um fazendeiro chinês. Um dia, um de seus cavalos fugiu. Seus vizinhos vieram até ele, comentando como aquele acontecimento era um infortúnio. O fazendeiro respondeu: “pode ser”.

No dia seguinte, o cavalo que fugiu voltou, trazendo com ele sete cavalos selvagens. Os vizinhos apareceram novamente, dizendo que isso era uma grande sorte. O fazendeiro respondeu: “pode ser”.

Depois disso, o filho do fazendeiro tentou domar um dos cavalos selvagens e caiu, quebrando uma perna. Os vizinhos vieram lamentar o ocorrido, dizendo que aquilo era muito ruim. O fazendeiro respondeu: “pode ser”.

No dia seguinte, oficiais do exército que estava recrutando soldados apareceram, mas não levaram o filho do fazendeiro por conta da sua perna quebrada. Os vizinhos vieram ao fazendeiro falando sobre como aquilo era ótimo, e ele respondeu: “pode ser”.

Essa história nos faz perceber que não podemos classificar os acontecimentos como bons ou ruins, simplesmente porque não sabemos os desdobramentos de cada situação. Por mais angustiante que possa parecer, o fato é que não temos controle sobre o que irá acontecer conosco e nem mesmo sobre o resultado das nossas ações, especialmente a longo prazo.

15 Curtidas

Pragmatismo na veia:
“Manda quem pode, obedece quem tem juízo.” vovó
“Só tem um jeito certo, aquele que o patrão indica.” vovô

5 Curtidas

Essa para os vendedores a descoberto:

  • They drew first blood, not me.

John Rambo :grin:

8 Curtidas

Kkkk boa!!!

2 Curtidas

“Realidade não cria seu ponto de vista. Seu ponto de vista cria sua realidade” Dr. Dain Herr

9 Curtidas

“Segura na mão de Deus e vai
Se as tristezas desta vida quiserem te sufocar
Segura na mão de Deus e vai
Segura na mão de Deus, segura na mão de Deus
Pois ela, ela te sustentará
Não temas segue adiante e não olhes para trás
Segura na mão de Deus e vai”

Francisco Rossi
Pe Marcelo Rossi

Kkkkk, com este marasmo da bolsa, não há coisa melhor a fazer

5 Curtidas

Legado magistral de Sir Benjamin Graham, tão clássico, tão atual, tão vivo e tão profético.

"Em 1999 e no início de 2000, o papo-furado de mercado de alta era encontrado em toda parte:
(…)

  • Na edição de 10 de abril de 2000 da Business Week, Jeffrey M. Applegate, o então principal estrategista de investimentos da Lehman Brothers, perguntou retoricamente: “O mercado acionário é mais arriscado hoje do que há dois anos simplesmente porque os preços estão mais altos? A resposta é não.”
    No entanto, a resposta é SIM. Sempre foi e sempre será.
    Quando Graham fez a pergunta " Tal descaso pode passar sem punição?", ele sabia que a resposta eterna a essa pergunta é NÃO. Como um deus grego enfurecido, o mercado acionário esmagou todos aqueles que acreditaram que os altos rendimentos do final da década de 1990 eram algum tipo de direito divino."
    Benjamin Graham: “O Investidor Inteligente” (ed. 1973), edição brasileira Harper Collins Brasil, Rio de Janeiro, 2017, Comentários ao Capítulo 3 (Um Século de História do Mercado Acionário) por Jason Sweig, p. 103.
3 Curtidas

"The Most Important Thing Is … Being Attentive to Cycles

  • Rule number one: most things will prove to be cyclical.
  • Rule number two: some of the greatest opportunities for gain and loss come when other people forget rule number one."

CAPÍTULO 8 The Most Important Thing Illuminated p.99

2 Curtidas