Iniciantes

#205

@cadu, estava assistindo a uma entrevista do Sr. Barsi no YouTube e o entrevistador comentou que já eram 10 da manhã e o pregão havia aberto, então o Sr. Barsi disse que o pregão ainda não havia se indicado que a bolsa estava em leilão…fiquei sem entender o que seria esse leilão, poderia me explicar por favor?

1 Like

#206

As 09:45hs temos a abertura do leilão, que geralmente vai até umas 10:05hs. A hora que acaba o leilão e começa de fato a ser negociada tb depende da volatilidade. Não acompanhei a abertura ontem, mas certamente pela forte queda que Vale apresentou, é provável que o leilão dela tenha ido até umas 10:20hs.

0 Likes

#207

Muito obrigado @cadu!!! Sempre bom tirar dúvidas com vc

1 Like

#208

Bom dia
@cadu, estou com a seguinte duvida vendi alguns fiis meses atrás que juntos não davam para gerar darf, neste mês de janeiro fiz mais duas vendas de fiis uma com lucro possibilitando a emissão de darf e outra com prejuízo, a pergunta é ; posso abater deste lucro o prejuízo da venda do mês de janeiro?

1 Like

#209

Pode sim, na verdade as operações de FIIs dentro do mesmo mês vc apura o resultado total. Ou seja, soma todos os resultados liquidos das operações de venda de FIIs dentro daquele mês. Se no total teve prejuízo, guarda este para compensar em lucros nos próximos meses. Se teve lucro no total, tem de pagar 20% p/ o leão sobre este.

2 Likes

#210

Olá pessoal, tudo bem?

Tenho algumas ações e estava pensando em fazer uma realização parcial, neste caso, como o preço médio deveria ser recalculado? como é feito isso?

Exemplo:

Compra - 300 a 9,60
Compra - 200 a 8,83
Compra - 100 a 7,30
O preço médio ficaria R$ 8.96. Ai eu decido vender 300 ações. Qual seria o novo preço médio (se é que muda).

1 Like

#211

O preço médio de compra não muda com uma venda. Só altera se fizer uma nova compra.

2 Likes

#212

Olá pessoal, boa noite. Primeiramente, parabéns ao Cadu pela manutenção do fórum em tão alto padrão, uma iniciativa louvável. Comecei a estudar AF há pouquíssimo tempo, estou lendo o livro “Avaliando empresas, investindo em ações”, do Carlos A. Debastiani e Felipe Augusto Russo. Quando entrei no capítulo “indicadores de balanço” já me estrepei no primeiro item, “liquidez corrente” rsrsrs. É que decidi montar uma planilha e fazer um “estudo de caso” em cima das minhas ações do Itaú (ITUB4). Para tanto, foquei no documento “Análise gerencial da operação e demonstrações contábeis completas” de 4T18. Só que de cara já vieram duas dúvidas que não consegui superar até agora: 1) por que nos resultados trimestrais do balanço patrimonial o ativo e o passivo apresentam exatamente a mesma cifra, inclusive nos centavos? (vide pg. 31) 2) por que o ativo e o passivo do mesmo período (31/12/2017 e 31/12/2018) são apresentados em dois pontos do documento (pg. 71 e 75) com resultados diferentes? Considerando que este é um tópico para iniciantes, acho que fiz as perguntas no lugar certo :)) Pessoal, qualquer esclarecimento será bem-vindo. Abraço!

2 Likes

#213

Acho que vc começou pela parte mais difícil de AF, que seria a parte contábil. Mas vou tentar explicar melhor (e obrigado pelos elogios).

Na contabilidade de uma empresa, vc tem o ativo e o passivo, sendo que os valores totais deles tem de bater. Isto pq o ativo representa bens e direitos, e o passivo representa as obrigações. Vou dar um exemplo. Vamos supor que a empresa tem em caixa 100,00.Para contabilizar este, vamos supor que foi da seguinte forma: 100,00 no ativo no item caixa e equivalentes bancarios, e 100,00 no passivo no item patrimônio liquido. Um é reflexo do outro.

Dito isso, duas dicas. Comece por uma empresa que não seja do setor bancário. Isto pq as financeiras tem especificações nos balanços diferentes das demais, o que torna a análise delas um pouco mais complexa. E comece na AF estudando melhor os indicadores fundamentalistas. Veja este texto que escrevi em duas partes:

4 Likes

#214

Legal Cadu, muito obrigado pelo esclarecimento e pela indicação dos textos. Vou seguir seu conselho. Um dia eu chego lá rsrs. Abraço!

1 Like

#215

Cadu, acabei de ler os dois artigos e você está de parabéns. Ainda não tinha encontrado explicações tão didáticas a respeito de um assunto denso como esse. Você indicou que iria escrever outros textos, quando eles saem do forno?? Um abraço!

1 Like

#216

Obrigado pelo elogio. Tenho várias ideias para novos textos e vídeos, mas o qie me falta é um ativo valioso, tempo. Mas em breve volto a escrever.
Abs

1 Like

#217

Olá pessoal, sou iniciante e este é o meu primeiro post aqui. Comecei a me interessar por investimentos a pouco mais de 2 meses. Entrei num curso on-line e fiquei muito entusiasmado com as possibilidades. Tenho estudado bastante sobre renda variável que é o meu foco. Depois de ler bastante, decidi que meus alvos seriam ações e FIIs. Tenho me aprofundado bastante nesses temas, mas as informações parecem infinitas quanto mais se busca mais se acha. Em um dos módulos do curso fui apresentado a plataforma Pense Rico e todo seu conteúdo, foi aí que eu consegui ver uma luz no fim do túnel e tudo ficou mais claro. O fórum é sensacional e esclarece muita coisa de forma simples e objetiva (obrigado Cadu). Através do fórum comecei a entender melhor os investimentos, seus riscos e o que eles oferecem de retorno ao investidor. Nesse ponto foi que eu decidi que queria investimentos que me dessem retorno como um salário extra. Comecei a olhar ações que pagam dividendos e nos FIIs com seus alugueis. O grande salto foi descobrir o CAFI, o índice Pense Rico, o Pense Rico Express e o seu relatório mensal. Eles poupam muito tempo com AF. Ainda não fiz nenhum investimento e agora me sinto pronto para iniciar. Minha ideia é usar o relatório como base para minhas primeiras escolhas. Seguem algumas dúvidas. Na carteira Top Picks, alguns ativos já superaram o teto p/compra, deveria desistir destes ativos? O preço alvo é o preço para vender? Existe uma expectativa de tempo para atingir o preço alvo? Porque alguns ativos não têm preço alvo? Dos investimentos com certa margem de segurança, seriam os FIIs os mais rentáveis? É errado montar uma carteira só de FIIs? Do capital que reservei para investimentos em RV, gostaria de destinar 20% para montar uma carteira mais arriscada e com maiores possibilidades de lucro no médio curto prazo com intenção de aumento de capital. Os outros 80% para uma carteira de valor. Obrigado.

2 Likes

#218

Obrigado pelos elogios!

Eu esperaria p/ compra. Em breve o mês acaba, e entre esta quinta a noite e sexta de manhã vou soltar o novo relatório do mês seguinte, com novos preços tetos, além de algumas alterações no índice que já estou planejando.

Exato. Seria o preço justo da empresa hoje. Este valor é dinâmico, e após cada trimestre com um novo resultado, ele pode sofrer alterações.

Não existe. O foco é no longo prazo.

Fundos imobiliários eu não traço preço alvo, pois vejo a dinâmica do setor diferente das ações.

Esta é uma pergunta difícil, mas diria que depende. Os FIIs tendem a apresentar uma menor volatilidade. Ou seja, a grosso modo quando a bolsa cai forte, os FIIs tendem a cair menos, e vice versa. Acredito que eles servem para complementar uma carteira de ações. Qual o percentual de FIIs que vc pretende montar varia conforme mais o seu perfil. Se quiser uma rentabilidade mensal mais estável, com menos flutuações, pode ter uma boa parte da carteira em FIIs. Se for jovem e tiver um perfil mais agressivo, com objetivo de aumentar o patrimonio, pode ter um percentual maior em ações. Ou montar uma carteira balanceada, com metade em cada classe, que é algo similar ao que temos hoje no indice PenseRico.

De forma alguma. Errado é ter a maior parte do seu patrimonio na poupança rs.

Sem dúvida isso é válido. O principal é investir conforme o seu perfil.

4 Likes

#219

Muito obrigado pelos esclarecimentos. Vida de iniciante é muito difícil! São muitas dúvidas, a insegurança é grande e muitos aspectos e índices a serem estudados. É um longo caminho.
Tenho me dedicado bastante nesse aprendizado. Alem do material do meu curso, acompanho os vídeos do canal da minha corretora (Clear), sites de notícias e esse fórum e sua plataforma. Acontece que quanto mais vc estuda pela internet, mais vc é bombardeado com sugestões de vídeos, palpiteiros de plantão, milionários instantâneos e etc…Não tenho conhecimento pra distinguir quem é confiável ou não. Gostaria de receber dicas de pessoas, sites e canais sérios, que devo seguir e para agregar mais conhecimento. Obrigado.

2 Likes

#220

Pense Rico, Dica de Hoje, 500 Pratas

4 Likes

#221

Marcelo Veiga, Tiago Lacerda, Vicente Guimarães, Daniel Nigri e aqui na PenseRico com o mestre Cadu você terá um norte definitivo.

1 Like

#222

Nesse sentido, o melhor é esquecer a internet que estará constantemente tentando te vender alguma coisa e focar nos bons e velhos livros. Caso você esteja estudando contabilidade por outras fontes, não é necessário investir mais tempo nisso, caso contrário seria bom ler alguns livros de contabilidade básica (autores como o Marion são uma boa pedida) e quem sabe ter o “Manual de Contabilidade das Sociedades por Ações” da FIPECAFI, que responde suas dúvidas mais escabrosas. O livro específico para investimentos que para mim significou o início de tudo e é por onde eu começaria é o “O Investidor Inteligente” de Benjamin Graham. Neste linha Graham/Buffett você pode ler algumas cartas selecionadas da Berkshire Hathaway em “Ensaios de Warren Buffett: Lições para Investidores e Administradores”. Um que é longo mas viciante é “A Bola de Neve” (Biografia do Warren Buffett). E se você quiser de fato se tornar um discípulo de Graham, o “Security Analysis”, que é sua obra-prima e é onde ele expõe mais sistematicamente seus princípios, infelizmente não há tradução até o momento. Um autor muito renomado na área de investimentos é o Damodaran, recomendaria praticamente a obra completa dele, mas um livro fácil que em particular me atrai é o “Filosofias de Investimento”. Para quebrar o mito de barganhas e pechinchas, sugiro o “One Up on Wall Street” traduzido para “O jeito Peter Lynch de investir” do próprio Peter Lynch, e por último, mas não menos importante, de Philip Fisher “Ações Comuns, Lucros Extraordinários” e “Investidores Conservadores Dormem Tranquilos”.

10 Likes

#223

Obrigado pelas dicas @nilton1965.

1 Like

#224

Obrigado pelas indicações @sr_fouquet.

0 Likes