LVTC3 - Livetech da Bahia (WDC Networks)

Tópico criado para postagem de discussões e informações sobre a Livetech da Bahia (WDC Networks).

Site da empresa: https://wdcnet.com.br/
RI: https://ri.wdcnet.com.br/

A Livetech da Bahia (WDS NetWorks) tem 17 anos de atuação e é uma empresa de fornecimento customizado de soluções de tecnologia da informação e comunicação de alta complexidade para uma variada gama de clientes no Brasil, Panamá, Colômbia e Estados Unidos. Tem produção própria para o fornecimento de serviços e produtos, incluindo infraestrutura de banda-larga, câmeras de vigilância, sistemas de controle de acesso, cibersegurança, data center, automação, geradores de energia solar e etc.

Atua desde 2013 também com o modelo TaaS (Technology as a Service) que se caracteriza pela celebração de um contrato de locação entre o cliente e a companhia, com prazos que variam, normalmente, de 12 a 60 meses, sem opção de compra, por meio do qual o cliente passa a pagar pelo uso da tecnologia. Os benefícios do TaaS são: (A) para o cliente: (i) atualização com maior frequência da tecnologia e mitigação do risco dos equipamentos utilizados se tornarem obsoletos sob a ótica de inovação tecnológica; (ii) redução da necessidade de investimento em intangível e imobilizado; e (iii) possibilidade de focar mais no core business. E (B) para a Livetech, são: (i) melhora de margens operacionais; (ii) diminuição dos níveis de “default” pelo cliente, com menos de 1% de inadimplência histórica; (iii) geração de receitas recorrentes e relação de longo prazo com clientes. Em 2020 um contrato típico do TaaS mostrou uma taxa interna de retorno (IRR) de mais de 25%.

Em 2017 recebeu investimento minoritário do fundo de private equity 2bCapital e inaugurou um Centro de Distribuição em São Paulo (SP), se tornando mais ágil no atendimento aos Estados do Sudeste. Este movimento possibilitou o avanço na rota de crescimento e de expansão, tais como a conclusão em 2018 e 2019, respectivamente, das aquisições da Axyon Distribuidora e da Munddo Distribuidora, que ampliaram ainda mais o portfólio da companhia em soluções de cibersegurança, automação predial, internet das coisas (Internet of Things – “IoT”) e automação residencial.

Ainda em 2019, lançou a Casa Conectada, empresa especializada em automação residencial através da IoT que nasceu para desenvolver uma rede de franquia nacional. Por fim, em 2020, inaugurou uma fábrica de geradores de energia fotovoltaica em Extrema/MG e em apenas poucos meses de operação nesse segmento conseguiu escalar a operação e adicionar novos clientes através do cross-sell.

Segue abaixo a evolução dos resultados da empresa:

LVTC 2T2021

image

image

O início das negociações das ações da Livetech da Bahia ocorreu em 26/07/2021, sendo precificada em R$ 23,20 através de Oferta Restrita. Na sua estreia as ações chegaram a subir 2%, mas fecharam com queda de 4,8% na cotação de R$ 22,09.

Empresa LVTC3
Cotação atual R$ 24,94
Preço alvo pelo PSBe está em R$ 30,52; com potencial de valorização de 22,36%.
Pelo FCD, utilizando uma taxa de crescimento média de 15% ao ano, para os próximos 5 anos, com 8% de taxa de desconto e 3% de perpetuidade, chegamos a um valor de R$ 48,68 (potencial de valorização de 95,20%).
Na cotação atual, e considerando uma perpetuidade de 0, o mercado está precificando pelo
FCD um crescimento anual médio de 9% p/ os próximos 5 anos.

OBS: usei o lucro líquido ajustado.

P/L P/VP ROE Margem Líquida PSR
17,55 2,71 15,44% 10,02% 1,76

Apenas 20% das ações da empresa estão no mercado, o que permite espaço para mais captações futuras e diminui muito a oferta atual de ações para quem se interessar em entrar na empresa.

Destinação dos recursos: investimentos de capital (CAPEX) para aquisição de equipamentos destinados a locação; e potenciais aquisições de empresas (M&As). Empresa com dívida líquida de 630 milhões, tendo uma alavancagem normal em torno de 2,4x o EBITDA (considerando os recursos da Oferta, a alavancagem cai para 0,9x). Atualmente tem um valor de mercado de 1,6 bi e EBITDA ajustado de 259 milhões, negociando a cerca de 7x EBITDA ajustado.

O que me chamou atenção na empresa:

  • Posicionamento: empresa muito bem posicionada para as tendências pós-pandemia de trabalho remoto, demanda crescente por conexão de alta velocidade, cibersegurança e digitalização;
  • Crescimento: crescimento do número de clientes de 3560 para 5953 e do valor médio dos contratos de R$109,6 mil em 2018 para R$238,2 mil em 2020, além disto o backlog vem crescendo agressivamente em 2021;
  • Operação: resultados melhorando consistentemente e tem um modelo de negócios bem interessante;
  • Capilaridade: muito potencial de expansão:

image

  • Investimento na área de Energia Solar: parceria fechada com a multinacional de tecnologia Huawei, líder mundial em inversores fotovoltaicos inteligentes e com a brasileira HDT Energy, sua operadora logística. Essa nova parceria com a Huawei tem como objetivo trazer para o mercado solar novas soluções tecnológicas para os segmentos de alta-potência e sistemas híbridos (on-grid e off-grid), com uso de baterias de lítio para expandir sua atuação dentro dos segmentos de residências mais sofisticadas, comércios e indústrias de médio e grande porte, unindo a expertise de três grandes empresas da área para atender o mercado em franco crescimento. Assim a BU Solar cresceu 6,1x em relação ao 2T20 e 7,6x no acumulado do ano de 2021 com ganhos de novos clientes da entrada em nichos de alta potência com projetos maiores e mais complexos.

Maiores riscos e pontos negativos: este ativo pode ter baixa liquidez, já que tem um free float atual de cerca de 13 milhões de ações; está embutido um crescimento alto, ainda mais considerando que 2020 foi um ano favorável; atua num setor onde a empresa deve estar sempre atenta às evoluções tecnológicas; certa dependência aos produtos relacionados à TELECOM.

Minha estratégia foi entrar com 25% do que quero me expor nela, separando mais 3 aportes de 25% cada para serem feitos nos próximos trimestres a depender da evolução da empresa ou caso a cotação caia.

Post que falei dela: IPO - novos registros de companhias abertas na CVM

11 Curtidas

Estou virando fã dessa empresa. Já está barata e deve ficar muito mais barata com o crescimento que ela deve ter nos próximos resultados. Vejo duas avenidas de crescimento gigantescas:

  1. Expansão de banda larga via fibra óptica;
  2. Expansão de uso de energia solar;

Algo que muitos analistas não enxergam sobre ela: por atuar bastante no modelo de locação, sua receita e margens que passam pelo DRE são mais baixas do que operacionalmente de fato acontecem. Para explicar melhor: se ela vender um produto por 100,00, o dre contabilizará esses 100,00 como receita. Se ela alugar esse produto que vale 100,00 por 50 parcelas de 2,00, entrará no dre apenas esses 2,00 por mês (6,00 no trimestre), fora que costumam alugar vendendo junto outros serviços, ou seja, os 2,00 viram 3,00.

Assim, importante observarem além do dre, o backlog e tempo de contrato dos mesmos. Empresa já está ainda melhor do que aparenta…

7 Curtidas

Verdade @vkjr! É bem relevante esta questão do backlog citada por você… :clap:

Na minha opinião a empresa tem avenidas de crescimento em todas as áreas em que atua! Ainda mais com a alavancagem controlada, com um backlog que cobre boa parte do vencimento das dívidas e com 400 milhões da Oferta disponíveis para investir.

Ela deve ser bastante favorecida pela expansão da banda larga via fibra óptica, mas não seria interessante ela concentrar nisto porque esta expansão tem limite. A empresa está ciente disto e vem expandindo bastante em outras áreas também, diminuindo sua dependência no segmento de Telecom; a tendência é crescer nesta área e crescer ainda mais nas outras.

2 Curtidas

dessas “techs” que fizeram IPO achei a menos cara, iniciei uma pequena posiçao nela um tempo atrás, tem bastante potencial. Aliás é a minha única “tech”.

2 Curtidas

COMUNICADO AO MERCADO
Esclarecimentos Sobre Oferta ICVM 476 e Possível Restrição de Ações

A LIVETECH DA BAHIA INDÚSTRIA E COMÉRCIO S.A. (B3: LVTC3) (“Companhia" ou “WDC Networks”) vem, em virtude do volume de questionamentos recebidos, esclarecer aos seus acionistas e ao mercado em geral que as Ações da Companhia (B3: LVTC3) (“Ações”) foram objeto de oferta pública inicial de distribuição realizada com esforços restritos de colocação e isenta de registro perante a CVM nos termos da Instrução CVM 476.

Por esta razão, em conformidade com o artigo 15, § 3° da Instrução CVM 476 e conforme amplamente informado na documentação referente à oferta pública inicial da Companhia, a negociação das Ações no mercado secundário da B3 é limitada a investidores qualificados (i) por 18 meses contados da data de admissão à negociação das Ações na B3, ou seja, 18 meses contados de 26 de julho de 2021; ou (ii) até a data em que a Companhia realizar uma oferta pública de distribuição de Ações registrada na CVM, o que ocorrer primeiro.

Desta forma, a Companhia esclarece que não tem qualquer controle, participação ou ingerência sobre as negociações com as Ações da Companhia no mercado secundário em geral.

Qualquer eventual restrição à negociação ou bloqueio efetuado por corretora de valores mobiliários quanto à negociação das Ações não está relacionado a qualquer acontecimento ou fato imputável à Companhia, seus negócios e atividades.

Sugerimos aos acionistas e ao mercado em geral que entrem em contato com suas respectivas corretoras para esclarecimentos adicionais.

Atenciosamente ,
Relações com Investidores | WDC Networks
Contato: [email protected]


Adicionalmente:

Art. 12. São considerados investidores qualificados:

I - investidores profissionais;

II - pessoas naturais ou jurídicas que possuam investimentos financeiros em valor superior a R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais) e que, adicionalmente, atestem por escrito sua condição de investidor qualificado mediante termo próprio, de acordo com o Anexo B;

III - as pessoas naturais que tenham sido aprovadas em exames de qualificação técnica ou possuam certificações aprovadas pela CVM como requisitos para o registro de agentes autônomos de investimento, administradores de carteira de valores mobiliários, analistas de valores mobiliários e consultores de valores mobiliários, em relação a seus recursos próprios; e

IV - clubes de investimento, desde que tenham a carteira gerida por um ou mais cotistas, que sejam investidores qualificados.

3 Curtidas

Com a derretida da cotação, resolvi fazer logo um dos aportes e agora estou com 50% da posição que pretendo montar aqui.

FATO RELEVANTE

A LIVETECH DA BAHIA INDÚSTRIA E COMÉRCIO S.A. (B3: LVTC3) (“Companhia" ou “WDC Networks”), em atendimento ao disposto no parágrafo 4º, do art. 157 da Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976 e na Resolução CVM nº 44, de 23 de agosto de 2021, informa aos seus acionistas e ao mercado em geral as seguintes informações:

• Vendas Totais Consolidada: aproximadamente R$1,1 bilhão no período de 9 meses encerrado em 30 de setembro de 2021, o que representa crescimento de aproximadamente 56% em relação ao mesmo período de 2020

As Vendas Totais é uma medição não contábil elaborada e divulgada pela Companhia e representa a soma das vendas faturadas. No caso de valores recebidos pela Companhia em razão do serviço de locação de tecnologia (Technology as a Service – TaaS), considera-se como Venda Total o valor integral de locação considerando o período integral do respectivo contrato. Para maiores informações, vide item 3.2 do Formulário de Referência da Companhia.

A Companhia destaca que as informações apresentadas neste Fato Relevante são gerenciais, preliminares, não auditadas ou revisadas pelos auditores independentes e, portanto, sujeita a ajustes. Ainda, destaca que as suas informações financeiras relativas ao trimestre encerrado em 30 de setembro de 2021 serão divulgadas na forma da lei.

Ilhéus, 06 de outubro de 2021
André Luiz Sandoval Valente Diretor de Relações com Investidores

3 Curtidas

COMUNICADO AO MERCADO

Parceria com multinacional Huawei na Divisão de Digital Power

A LIVETECH DA BAHIA INDÚSTRIA E COMÉRCIO S.A. (B3: LVTC3) (“Companhia" ou “WDC Networks”) informa aos seus acionistas e ao mercado em geral quanto a ampliação da parceria estratégica com a multinacional de tecnologia Huawei, para ofertar no Brasil produtos que compõem a Divisão de Digital Power da multinacional asiática.

Com esta parceria, a WDC Networks passará a ofertar aos seus clientes produtos e soluções da área de Digital Power, oferecendo a possibilidade de locação (Technology as a Service) de produtos relacionados a Infraestrutura de Data Centers (Edge e Central) e Armazenamento de Energia (ESS - Energy Storage System). Essas soluções incluem equipamentos como data centers modulares, controle inteligente de temperatura e energia, baterias de lítio, e sistemas híbridos de energia que são capazes de suportar a infraestrutura de 5G que será implementada no Brasil.

A Huawei espera que sua divisão de Digital Power alcance faturamento de aproximadamente US$ 20 bilhões em 2025. De acordo com a Mordor Intelligence, a receita do mercado Brasileiro de data centers foi estimada em US$1,76 bilhão em 2020 com um crescimento esperado de 7,4% ao ano no período de 2020 a 2025, atingindo US$2,53 bilhões em 2025.

As duas empresas já haviam estabelecido uma parceria em junho deste ano, para trazer ao mercado de energia solar fotovoltaica, novas soluções tecnológicas para os segmentos de alta-potência e sistemas híbridos (on-grid e off-grid). Com a ampliação da parceria entre as empresas, a WDC Networks amplia seu portfólio de produtos, espera expandir sua base de clientes e continuar desenvolvendo seu modelo de locação no segmento Corporativo.

4 Curtidas

2 Curtidas

Quero aumentar posição aqui e não consigo graças a cvm pqp

1 Curtida

Parece que veio bom, com exceção da última linha… provavelmente o motivo foi o resultado financeiro.

Vou olhar com calma mais tarde, mas sigo confiante!

@kardia, tentou se declarar investidor qualificado? Conheço gente que fez isto e está operando de boa…

Eu tô operando normalmente, mas é pelo BB mesmo.

EDIT:

Após o 3T21:

Empresa LVTC3
Cotação atual R$ 17,02

OBS: usei o lucro líquido ajustado.

P/L P/VP ROE Margem Líquida PSR
13,36 1,78 13,30% 8,18% 1,09

Realmente o resultado financeiro foi o que mais contribuiu para a queda do lucro (5 milhões por variação cambial para fornecedores e 13,8 milhões no total), mas teve também 5,7 milhões pelo programa de remuneração em ações, que está encerrado agora. A queda das margens é normal devido ao exponencial crescimento do setor BU Solar, que tem menores margens e ainda é incipiente, devendo melhorar com os ganhos de escala.

O que mais gostei foi o crescimento do setor BU Solar, que já tem enorme relevância no resultado e pela forma que tá crescendo tem tudo pra se tornar preponderante na empresa já em 2022.

Não gostei nada das perdas com variação cambial, depois vou tentar entender isto direito porque parece pouco, mas, dado o tamanho da empresa, é sim relevante. Agora a empresa está caixa líquido em 170 milhões e tem que travar isto com os instrumentos financeiros disponíveis.

EBITDA ajustado anualizado de uns 270 milhões para um valor de firma de 920 milhões num setor em plena expansão. Virou prioridade pro meu próximo aporte! Pena que provavelmente será só no início do ano que vem.

5 Curtidas

Opa, amigos

Ceis conhecem companhias semelhantes na gringa (de preferência de capital aberto) para fazer uma análise de comparação (como as outras cresceram, quais as limitações que encontraram no crescimento, margens, etc)?

Marcando.

E que surpresa, hein? @fabio_barbosa e @vkjr por aqui. :joy: :joy:

2 Curtidas

Então, acho que você conhece minha maneira de investir e a oscilação de curto prazo não me afeta muito… :blush:

Eu tenho consciência da minha incapacidade de prever/estimar a cotação futura, então eu tento reagir ao que acontece e não torcer para que algo aconteça. Como a empresa fazia sentido para mim na cotação anterior, eu comprei; mas ainda estou muito menos exposto a ela do que gostaria… Portanto, minha forma de reagir será aumentando em muito minha posição.

Com esta derretida da cotação eu já ampliei o montante que pretendo alocar na LVTC3 e, se depender de mim, ela fica neste patamar até dezembro/2022; que é quando eu pretendo mais do que dobrar minha posição! Sendo que ela deve voltar a ser negociada normalmente em janeiro de 2023. É algo parecido com ao que pretendo fazer com ALLD3, mas esta vai voltar a operar normalmente antes.

O BB agora está exigindo declaração de ter 1 milhão de reais investidos para poder comprar as empresas oriundas de Oferta Restrita e, como sou funcionário, não vou mentir pois ainda estou longe disto! Mas, já estou estudando para tirar a certificação legal que me permitiria ser considerado investidor qualificado e aí vou poder comprar antes do desbloqueio… :wink:

Eu acabei descobrindo esta exigência no dia em que a FHER3 anunciou a venda para a Eurochem, aí eu reduzi uma parte da minha posição nela nos 22 reais e ia alocar tudo em ALLD3 e LVTC! Aí acabei indo de LOGG3, FLRY3, PCAR3 e GUAR3; ou seja, tô apanhando de qualquer jeito! :rofl:

1 Curtida

Eu ainda me revolto com isso. Você pode comprar crypto, vender put a descoberto, mas não pode comprar ações de uma empresa. E eles dizem que é para o seu próprio bem…

Como eu falei lá no tópico da ALLD3, não estou recomendando nada a ninguém, mas na Clear eu me declarei como IQ mesmo. Eu sou advogado (não praticante), então fui dar uma olhada se tinha alguma implicação legal e, no meu entender, a única coisa que pode acontecer é você não ter direito a alegar que não sabia dos riscos caso algum problema aconteça. Mas você já mostra ter bastante conhecimento para tirar a certificação. Creio que, independente de qualquer coisa, isso vá ser bom e útil pra ti.

Vou começar a comprar suas recomendações agora.

2 Curtidas

Isso dai tem que pressionar a CVM, se chover email na caixa deles, eles vão rever.

1 Curtida

Na Clear você tá conseguindo comprar essas ações bloqueadas como a LVTC3?

No Inter eu cheguei a me declarar IQ, mas ainda assim o sistema bloqueia e só libera a operação pela mesa :frowning:

1 Curtida

Só pela mesa. Mas é rápido e simples.

2 Curtidas

Compra pela mesa tem algum custo adicional?

1 Curtida

Na Clear, não. Embora eles falem que esteja sujeito à cobrança de R$ 60,00 por ordem (ou algo assim). Nunca me cobraram.

Eu imagino que eles cobrem pra quem tá querendo fechar trade às pressas.

2 Curtidas

:clap: :clap: :clap: :clap:

Realmente não vai dar em nada.

Eu não vou fazer porque é no Banco em que trabalho. Além disto, vai ser um incentivo para me fazer tomar vergonha na cara e tirar a CEA. :rofl: Eu já tenho a CPA 20 mas ela não serve para isto…

kkkkkkkkkkkkk