Opções


#63

Olá, tudo bem pessoal?
Gostaria de saber se alguém dá aulas particulares ou indica alguém para ensinar como investir em opções? (São Paulo - Capital).

Este assunto não entra na minha cabeça… quando chego no HB fico perdido, é muita teoria embutida e não consigo aplicar.
Fiz curso do clube do pai rico / videos e teoria da infomoney/rodrigo cohen, livro “ganhando dinheiro com opções” … não sai nada!!
Olho os exemplos do CADU e não consigo entender como utilizá-lo!!

Eu devo ter algum problema mental…mas ainda quero insistir antes de desistir!!rss
Alguma dica??


#64

Tenta começar primeiro pelo básico, o livro do Bastter pode te ajudar nisso.


#65

Ok CADU… já comprei!! Espero que me dê mais luz… rsss

Obrigado pela dica…


#66

Caduuuuuu…
Fiz a Leitura do livro do Bastter, realmente muito bom!!
Eu pretendo apenas rentabilizar minha carteira, apesar de ter poucas ações. Já li bastante sobre venda coberta, stradlle, Borboleta, vaquinha, trava…etc.
Mas ainda assim, “trava” tudo na minha cabeça…kkk não consigo fazer os lançamento no HB e controles em planilhas (lucro, vcto, etc).

Existe algum material no mercado que mostra na prática a aplicação dos diversos tipos de opções (call, put)?

Grato…


#67

Nunca usei, mas um colega já me falou bem deste: http://www.simuladoropcoes.com.br/conheca-o-simulador.php


#68

Obrigado Cadu!! :slight_smile:
Vou brincar um pouquinho com este simulador e analisar o site. Parece bem interessante!!

Depois comento… abs


#69

Olá pessoal, tudo bem? Trabalho com opções a dois anos mas somente com operações de financiamento (foco em ser exercido) e venda coberta (foco em não ser exercido) em petr e vale com objetivo de remunerar o capital. Gostaria de saber a opinião de vocês a respeito do lançamento do futuro de ações. Vocês acham que vai ter algum impacto negativo nos prêmios e liquidez nas opções? Achei interessante pra fazer um hedge das posições mas me preocupo com a liquidez das opções com essa novidade.


#70

Eu gostei muito destes novos produtos. São mais opções para o investidor montar suas estratégias.

Acredito que não terá tanta influência negativa na liquidez das opções. O que certamente irá influenciar é na forma de operar vendido, acabando com os aluguéis de ação, que é uma forma pouco prática e cara de se operar vendido.

Obs: acho venda coberta pouco atrativo. Te protege muito pouco nas quedas, e te limita demais nas altas fortes. Para o investidor de LP não acho interessante.


#71

Oi Cadu obrigado pelo comentário. Bem é verdade que no longo prazo possa ser que estar comprado nos ativos seja melhor que a venda coberta mas como o objetivo é gerar renda acho bem interessante ainda mais porque tem “certa previsibilidade” na receita. Em Petro e Vale da pra pegar uma segurança razoável 8% a 10% com uma rentabilidade razoável. Agora com o futuro de ações vai dar pra fazer um hedge interessante


#72

Vejo outras estratégias de hedge mais atrativas com opções neste sentido, como o seagull. Para gerar renda acredito que os Fiis são uma forma mais eficiente, até pelo fato do DY mensal ser isento de IR.


#73

Tenho Fiis na carteira e ações de dividendos mas ganhos acima de 1% a.m são difíceis com eles, depende muito do preço de compra. Com o financiamento da pra pegar 1,4% com uma segurança razoável mas o risco sem dúvida é maior também. Sobre o Hedge que me refiro é fazer a operação com objetivo de ser exercido (abaixo do preço) e quando o ativo estiver abaixo do strike operar vendido no mercado futuro do ativo base. O que acha?


#74

Esta estratégia pode ser interessante com o mercado em tendência de baixa. Como estamos em forte alta, eu pensaria em usar algo no sentido oposto. Vc pode até fazer uma venda coberta, com um strike acima só, e se a cotação passar o valor do strike, entra comprado no futuro do ativo.