RENT3 - Localiza

Realmente o pessoal não da muita bola pra ela, nem tópico tem hehe.

To na mesma situação que GNDI3.
Única diferença é que tem bastante histórico.

Fico no “compro, não compro”.
Será que é aquelas ações “caras” tipo WEG e LREN que tem que entrar no fundamento sem olhar preço?

To pensando em começar a fazer compras pequenas periódicas.

Falei dela estes dias:

1 Curtida

Alguem já fez valuation dela?

2 Curtidas
6 Curtidas

Estava fazendo a mesma análise setorial, mas partindo de um conceito bem simplista, que é o preço de comprar um carro pra aluguel via ação de locadora.

Algumas observações que não aprofundei muito:

  1. Localiza creio estar no IBOV e ser a única, não há muito motivo para explicar essa diferença absurda de preço.

  2. Todas as empresas estão bastante expostas no segmento de seminovos. A coisa parece funcionar bem, mas não deixa de ser um risco maior do setor.

  3. A Locamérica é a que me parece ter mais potencial das três, mas precisa analisar como vão viabilizar o crescimento daqui pra frente e se é possível crescer neste ritmo de 40%, de todo modo eu chutaria 20% pra cima sem fazer conta. Digo isso porque é atualmente a mais focada em gestão de frotas (A Movida também têm, a Localiza parece que não), que é um segmento com maior margem, maior previsibilidade de receitas, mas que não cresce muito; e estão fazendo a migração agora para locação via diária, com a marca da Unidas, e o crescimento neste segmento específico está muito forte.

4 Curtidas

A movida tem um possível problema que dizem que ela já resolveu, mas só acredito vendo isso nos números dos próximos balanços, que eh a expertise na compra e venda dos veículos.

Ela ainda não consegue fazer com a mesma perfeição da lcam e da rent. Ainda tem prejuízos com essas operações.

3 Curtidas
1 Curtida

Como comentei em outro post há um tempinho atrás, na dúvida comprei as 3 em proporção igual… hehe

Cheguei a conclusão que o melhor é ter as 3 (MOVI, LCAM e RENT)… ou:

  • crescem juntas, cada uma no seu ritmo (MOVI > LCAM > RENT)
  • uma pega a fatia da outra em algum segmento específico (RENT de repente larga mão de gestão de frota e deixa pra LCAM)
  • uma compra outra.
  • duas crescem e uma não.

Enfim… várias possibilidades, mas preferi montar um “fundo” com as 3 já que todas tem boas perspectivas e não quero adivinhar qual vai se sair melhor.

Agora essa matéria aí acende uma luz amarela.

3 Curtidas

Muito boa sua conclusão a respeito do assunto, rs, mas nem consideraria a Localiza. Todas são um tanto semelhantes em termos de eficiência de margens e não há o que justifique o prêmio. A Localiza é até um pouco mais arriscada, pois está mais em aluguel de carros, que tem reposição mais rápida e acaba sobrecarregando a área de seminovos da empresa. A Movida e a Locamérica ainda me deixariam em dúvida, mas a Locamérica se destaca da primeira. Então, mesmo não sabendo se vale a pena comprar, é a opção que vale mais a pena ser avaliada.

Sobre a Toyota entrar no setor, com certeza é um vetor de longo prazo, mas não concordo com o tom alarmista da notícia. Primeiro porque essas três locadoras não são fracas, juntas elas detém aproximadamente 1% da frota de veículos leves, sendo que este 1% pesa sobre os 30% de veículos com até 5 anos de uso, o que faz 3,3%. Se você considerar que a idade média dessa frota é de cerca de 10 meses, contra os 0 a 60 meses que falamos, dá pra ver que a presença destas empresas na compra de veículos novos é maciça e por consequência será o seu poder de barganha.

Se a Toyota entrar, terá que lidar com os mesmos problemas do setor, que não é nem um pouco verticalizado na sua distribuição e comercialização. Vão rentabilizar um carro zero com locação durante 6-18 meses e depois terão que vender como seminovo, é o mesmo processo. Como se dará cada etapa e cada relação vai definir se haverá vantagem competitiva significativa ou não, eu acho que não. Consigo enxergar mais uma empresa tentando agregar valor aproveitando um nicho existente, do que uma força destruidora.

4 Curtidas

Pois é…
E as possíveis alterações de tributação e legislação afetam tanto as existentes como as entrantes, então, o que muda para as existentes nessa matéria seria uma concorrência maior com as montadoras.

1 Curtida

esta derretendo.

Bom resultado… mas abaixo do “consenso”.
Levou as outras duas junto.

Pulei do barco na hora…
Tinha montado posição em movi3 mas desisti kkkk :grimacing::grimacing:

Idem… sai recente.