Analise Fundamentalista


#119

Eu só vendo um de ativo na carteira se ocorrem um ou mais deste motivos:

  • o ativo chegou no meu preço alvo, com base em AF;
  • piora nos indicadores da empresa ou perspectivas ruins para a empresa / setor;
  • surgir um ativo mais atrativo para investimento;

Eventualmente o que faço tb é a venda de uma parte das ações com base em AT, por conta do ativo ter subido bastante no curto prazo e ter entrado em sobre compra. Mas a ideia aqui seria mais p/ “defender” o lucro, esperando um futuro recuo das cotações p/ comprar a parte que foi vendida.


#120

Legal…qual seria o PSBe para a HGTX?


#121

Empresa HGTX3
Cotação atual 23,03
Preço alvo pelo PSBe esta em 30,61 com potencial de crescimento de 33%.
Pelo FCD, utilizando uma taxa de crescimento de 8% ano, p/ os próximos 5 anos, com 10% de taxa de desconto, chego a um valor de 29,60.
Na cotação atual, e considerando uma perpetuidade de 0, o mercado esta precificando pelo FCD um crescimento anual de 8% p/ os próximos 5 anos.


#122

Valeu


#123

Em ações eu ainda vejo boas empresas a bons preços, como TAEE11, KROT3, WISZ3, ECOR3, MPLU3. Porém em FIIs eu já estou com este problema há alguns meses.

O que eu faço nestas situação é concentrar mais a carteira, mas não pode ser em ativos de alto risco.

Por exemplo, há alguns meses atrás os FIIs subiram muito, restando poucas opções boas de compra. E eu estava diminuindo posição em ativos que já tinham chego no meu preço alvo. Com isso fui concentrando a compra em dois ativos que ao meu ver estavam ainda baratos, que foram BCFF e JSRE (e comentei isso aqui no forum). Ambos chegaram a reapresentam mais de 20% do meu PL (e isso que minha carteira é bem diversificada, depois deles a maior posição representava 5% do PL). Hoje estes dois FIIs já subiram muito também, e agora voltei a ter este mesmo problema. Estou concentrando compras no CPTS11B e OUJP11.


BBSE3 - BB Seguridade
Avisos de Compra e Venda & Debate Sobre Carteiras
#124

Novo nesse mundo. Estou começando a estudar AF para entrar na bolsa. Estou percebendo a importância do valor intrínseco da ação. ja vi
que há mais de uma maneira de calcular. Quais ferramentas podem ser usadas para isso?


#125

Olá amigo,

  1. dê uma olhada nessa sessão: https://portal.penserico.com/acoes/analise-fundamentalista/

  2. E depois use a plataforma: https://plataforma.penserico.com

Já é uma boa base. Abraços


#126

Valeu!!


#127

Vale a pena a leitura deste texto que escrevi sobre micos, como identificá-los, e o porque não são um bom investimento - https://portal.penserico.com/acoes/analise-fundamentalista/principais-indicadores-analise-fundamentalista-parte-2/

Um modo fácil de se ver isso é olhar os micos desta lista antiga abaixo. Quando montamos este critério no antigo forum do infomoney, há 8 anos atrás, chegamos a este lista de ativos classificados como mico:

AGEN11 | CTPC3 | IMBI4 | RPMG4
ARLA4 | DHBI4 | INET3 | RSUL4
ATBS3 | DOCA4 | LARK4 | SCLO4
BGPR3 | DTCY3 | LHER4 | SJOS4
BIOM4 | ECOD3 | MAPT3 | SNST3
BUET4 | ESTR4 | MILK11 | SQRM4
CAFE4 | FPXE4 | MNPR3 | STLB3
CALI3 | FTRX4 | NORD4 | STRP4
CBMA4 | GAFP4 | OSXB4 | TEFC11
CCHI4 | GAZO4 | PMET6 | TEKA4
CELM3 | GPCP3 | PQTM4 | TELB4
CMSA4 | HAGA4 | PSEG4 | TENE5
CORR4 | HETA4 | RANI3 | TROR4
CPFG4 | HOOT4 | RCSL4 | TXRX4
CTAP3 | IGBR3 | RPMG4 | UNCI3
VOES4

A imensa maioria das empresas nesta lista foram a zero, e não existem mais.
Sempre desconfiem de pessoas que justificam o investimento em uma empresa como coisas do tipo: vai subir X% porque tal corretora avisou que vai comprar tudo, e outras frases subjetivas de efeito.

Eu já participo de fóruns há mais de 10 anos, e até hoje tenho muitos colegas que ainda estão aqui na ativa, que usam AF. Conheço alguns poucos que usam AT que ainda estão na atividade. E não conheço nenhum que aplicava em micos que ainda esteja na ativa.

Resumindo, aplicar em mico é igual apostar em cavalo, vc pode até dar sorte e acertar um, mas no LP irá perder todo seu capital investido.

OBS: Lembrando que na nossa plataforma da PenseRico, nós já excluímos da nossa base de dados as empresas enquadradas como mico.


Avisos de Compra e Venda & Debate Sobre Carteiras
#128

Faltou a INEP e aquela de Biodiesel kkkkk

A INEP acabou com a carreira do Marcos Elias


#129

INEP virou mico pouco depois disso. Mas nesta lista tinha outra favorita do Marcos Elias da Empiricus, a ECOD!


#130

Sera que era essa a de Biodiesel…parece que tinha outra…não lembro…até cheguei a estudar…mas nunca foi pra frente…os custos eram muito altos…talvez fosse BSEV3 kkkk

Pior que o cara falava bem, era eloquente…kkkk…tinha estilo…lembra o estilo do Ciro Gomes kkkk


#131

Faltou a famosa “Bolha do Alicate”… me lembro bem, meados de 2010 eu estava começando, fiquei rico e pobre na mesma semana :smile:. valeu o aprendizado.


#132

boa kkk


#133

O mais irônico é que o Rafael Ferri, responsável pelo Pump and Dump da Mundial, continua na ativa como sócio/colaborador no TradersClub e com recomendações em outros canais.


#134

EZTC3 - EZTEC é o “empresa em foco” deste mês. acompanhe…


#135

Amigos, algo bacana está por vir, aguardem…


#136

Olá Cadu e demais colegas. É minha primeira postagem aqui no fórum e gostaria muito de parabenizá-los pelo trabalho. É difícil encontrar comunidades na internet que fujam do “vai bombar” e de fato queiram estudar mercado financeiro.

Bom, eu sempre fui analista técnico, opero mercado há 15 anos e domino muito a AT. Porém, nos últmos 2 anos acabei saindo do mercado em função de outros investimentos financeiros e estou voltando neste momento. Nesta volta estou com outra cabeça e quero mudar 100% meu modo de atuar no mercado, investindo a partir dos fundamentos. Neste sentido tenho algumas dúvidas de principiante que gostaria de ouvir a opinião de vocês, caso seja possível.

Estou estudando HGTX3 há 2 semanas e é uma empresa que me chama atenção para o LP. Gostaria de montar uma carteira em torno de 5 a 7 ativos para um prazo de 5 a 10 anos, e ela foi a primeira que me chamou atenção considerando os múltiplos atuais.

Minha dúvida é a seguinte: considerando APENAS a empresa, tracei que gostaria de começar a encarteirar o ativo com preços entre R$ 19,00 e R$ 20,00. Porém, uma das coisas que aprendi no mercado durante esses anos é que num mercado de alta, aqueles papeis que não sobem (e inclusive caem), quando o mercado vira para uma correção ou mesmo uma baixa mais acentuada, são esses papeis que mais apanham. Neste sentindo, olhando uma possivel correção do IBOV num momento de maior volatilidade frente as eleições, minhas crenças (usando a expressão de propósito) fazem pensar que HGTX3 pode ser um papel que apanhe bastante (já que com o mercado todo em alta não teve força para subir…não é num mercado lateral ou de baixa que ganhará musculos).

Não sei se fica claro minha dúvida. Sei que muito deste raciocínio tem relação com AT, e estou tentando mudar minha cabeça para AF, por isso gostaria da opinião de vocês especificamente sobre essa relação tendência do mercado X possível correção X ativos interessantes.

Obrigado desde já.


#137

Seja bem vindo @investlucido, e obrigado pelos elogios.
A maioria que está hoje investindo com base em AF começou usando AT, e comigo não foi diferente. Ainda utilizo AT, mas de forma que complemente a base da análise fundamentalista.

Sobre sua pergunta, tem diversas variáveis que influenciam na precificação geral da bolsa. Empresas com beta mais abaixo de 1 tendem a performar desta forma, mas note que o beta de HGTX está em 1,02, muito próximo do IBOV.

Ao meu ver, o que está impedindo HGTX de subir no curto prazo são as dúvidas do mercado com relação a sua capacidade de recuperação no crescimento. Isso pq a empresa vem patinando nos seus números, como mostra esta análise que fiz da empresa há algumas semanas atrás - veja aqui e aqui.

Com isso, p/ a cotação sofrer uma queda maior, eu vejo basicamente dois fatores. O primeiro seria a dependência da empresa na economia do mercado interno, se o mercado começar a precificar que a economia do país não vai se recuperar na velocidade que esperavam (se algum candidato de esquerda ganhar as eleições por exemplo), as empresas que possuem maior dependência deste tendem a sofrer uma queda mais forte. Outro ponto seria uma piora nos próximos balanços, enquanto a empresa não reportar uma rentabilidade mais robusta, o mercado deve continuar com o pé atrás com relação a sua recuperação de crescimento.


#138

Ou seja, pela sua experiência, você não deixaria de comprar um ativo em função de uma perspectiva mais macro (IBOV, eleições, etc)? O que vale é a análise da empresa. Seria isso?