ETFs no Exterior

Só vejo isso como um problema para um grupo bem específico: gente com quase 100% em renda variável, praticamente tudo no exterior, e que se recusa a ter BDRs como alternativa

Aí realmente é possível você atingir o limite de isenção dos EUA tendo “pouco dinheiro” para explorar estratégias sucessórias como offshores, trusts e o monte de coisa que deve permitir burlar isso

Acho que o problema a se considerar também é que em caso de falecimento, é necessário fazer um inventário lá também, mesmo com menos de 60k dólares, pelo que venho estudando.

Estou estudando isso também, mas na Irlanda existem custos de corretagem/custódia, ainda não consegui chegar em uma conclusão sobre isso.

Que nem você falou, depende do valor investido e do prazo do investimento.

Eu só descobri eles quando já tinha conta na Avenue. Pra mim valeria a pena migrar, mas como a diferença não é nada absurdo, fiquei na Avenue por praticidade e inércia.

Pelo que vi, as únicas desvantagens seriam a menor quantidade de etfs (gosto de investir em fatores, não tem muitos lá) e o risco da Irlanda mudar suas leis de isenção até eu me aposentar.

1 Curtida

È a que mais ouço falar. Não sei se tem outra melhor.

EU tenho pesquisado ETF’s de fator lá. Alguns estão na mira.

EUA são mais completos mesmo, mas me parece que a Irlanda não fica devendo.

1 Curtida

Pensando em entrar nesse ETF

Ele é short, alavancado 2x, em titulos longos do tesouro americano.

E como vc investe? Qual corretora?

Lembro de ter visto os neutros, e de valor só dos EUA e acho que um large caps ex-usa.

Mas concordo com você, quem pretende ter um valor maior lá fora, tem um Horizonte maior de investimento e não faz questão dos relatórios de ir das corretoras pra brasileiros os etfs irlandeses de acumulação parecem valer mais a pena.

Eu vou refazer as contas pra ver se a maior corretagem e os custos um pouco maiores valem o esforço pra mudar, ou se vou aceitar a praticidade sabendo que o retorno vai ser menor

1 Curtida

Eu acho que só vale à pena se os juros futuros derem um subida rápida e você conseguir acertar o timing, porque se for pra ficar esperando até acontecer, vai perdendo dinheiro aos poucos, tipo CALL quando vai chegando perto do vencimento e a ação correlacionada não anda…

Tem o TBF que é sem alavancagem (e seria o par inverso do TLT).

Já pensei em fazer isso também, mas ainda não me convenci.
Eu estou esperando os futuros de 30 anos chegarem na casa dos 3% pra começar a aportar no TLT.

Eu sei. Quem investiu nesse Etf alguns anos atras viu o dinheiro derreter…

Minha ideia seria comprar 10% da posição maxima que eu aceitaria agora (e o maximo tb não seria, e esperar um pouco caindo com o tempo, aos poucos, iria colocando mais 10%.

O juros americanos de 30 anos está em 2,375%aa? Parece muito dificil acreditar que vai ser possível manter nesse nível por muito tempo.

1 Curtida

Ainda não comecei. Não fiz remessa. Vou tentar negociar spread menor com remessa online e transferwise argumentando que o montante é “grande”.

Meu “lado trader” tá tentando esperar o dólar furar os 5 pra baixo também rs

Hoje estou tendente a escolher Int. Brokers e comprar alguns poucos ETFs de acumulação irlandeses. Além de parcelas menores em renda fixa de moeda forte e outra parcela em emergentes e Brasil (surfar alguma possível recuperação da moeda a la 2003/2007-11).

Enfim, pretendo ser conservador. Tentar não ganhar muito nem perder muito seja qual for o cenário. Mas não tão conservador ao ponto de ter apenas IDWA + EIMI. que é a aposta segura e que vc pode desligar sua mente por 30 anos rs

Eu vou estudar esta lista aqui que achei. Se a liquidez é razoável e qual bate exatamente mais com o que eu quero.

Vou tentar ver se garimpo mais também.

Capturar

1 Curtida

Entrevista com o CEO da Avenue.

Fala que tem planos em acessar mercado europeu e asiático, deve começar com cartões em breve e fala sobre o pipeline previsto da empresa.

3 Curtidas

Paranhos tá com moral hein hehe

1 Curtida

Problema é esse “em breve”. Se eu esperar meses e meses e ano e nada… Vou acabar escolher a IBrokers logo. Senao até ia de avenue.
Vou assistir pra ver

1 Curtida

@vitoriacampeao, me corrija se eu estiver errado, mas se acabar a isenção de 35 mil no exterior os ETFs Irlandeses perdem a atratividade, não?

Porque como o dividendo vai ser acruado na cota, você vai pagar o imposto no final, na venda, quando for utilizar o dinheiro…

Tenho que refazer as contas aqui…

1 Curtida

aí todo cálculo precisaria ser refeito.

Pois até remessa pra comprar em dolar perderia atratividade em relação ao BDR (em que pesem todos os problemas deles).

Ainda tou por fora dos detalhes da reforma. Estão mexendo nisso também?

Sim, no texto está revogando o artigo da isenção,