Valuation

#67

Olá, Cadu e demais foristas. Resgatando este post antigo, sobre o cálculo do PSBe:

No falecido fórum do Infomoney, o Domingos Junqueira deu uma instrução sobre como calcular o valor da constante, como um ajuste para o qual se obtém a máxima correlação com um outro valor, mas não ficou claro. Vi que na planilha do Google Drive que disponibilizou, mantém constante em “7”. Alguém tem instruções mais detalhadas sobre este parâmetro? O valor do preço alvo é razoavelmente sensível a ele.

Qual a experiência de vocês na utilização deste indicador?

Por fim, buscando na internet, estou com dificuldades em encontrar outras fontes que abordem esta métrica fora dos foruns brasileiros já conhecidos. Qual seria o nome desta métrica em inglês ou referência aprofundada em livros/sites?

Obrigado!

4 Likes

#68

Boa tarde pessoas!

Na minha visão, para cálculos de valuation, o PSBe não me enche muito os olhos, já prefiro o FCD.

Motivos:

O PSBe leva mais em consideração o lucro e margem líquida, e na minha opinião, seria muito bem aplicado para cálculo de valor justo em um país com um mercado já amadurecido, como EUA, Inglaterra, Alemanha, onde os investidores buscam empresas que tenham maior lucro, justamente pelo fato do mercado já ser maduro. Agora, quando falamos em mercados emergentes, eu já acho que o método FCD funciona melhor, uma vez que esses mercados visam mais o expansionismo do que o lucro.

Abraços!

1 Like

#69

Por outro lado, mercados maduros tendem a ter uma margem liquida menor comparado a mercados emergentes, pois tem um mercado com maior concorrência. Embora entenda seu pto de vista, e até concordo parcialmente com ele, acredito que este tipo de generalização não sirva tão bem assim.

1 Like

#70

Também concordo que não se pode generalizar, que existem casos que o FCD não se aplica, mas acho que em boa parte dos casos seria o método que eu usaria.

1 Like

#71

Brother, eu até montei uma planilha com recorrência para alcançar a máxima correlação, quando a encontrar envio aqui.

0 Likes

#72

@cadu


nesse vídeo você acabou usando o crescimento da perpetuidade como sendo o crescimento nos 5 anos (e vice versa) isso explica o porquê de tanta sensibilidade ao crescimento, pois na perpetuidade qualquer variação deixa o valor extremamente alto (item muito sensível) (Geralmente uso o PIB ou então o PIB Setorial para estimar o crescimento da perpetuidade, cerca de 2,5% a 3%). Creio que seja bom corrigir o vídeo.

Se quiserem testar outras ações, segue a planilha que usei para os cálculos acima (Gosto mais de usar FCFF do que LPA).

0 Likes

#73

Pessoal, estou começando a tentar calcular o preço justo por ação, tentei fazer da ITS4 pelo PSBe, mas o preço alvo calculado está dando muito baixo, em torno de R$ 7,20. Alguém poderia demonstrar os cálculos?

1 Like

#74

Análise de atratividade do setor elétrico, com base nos seguintes itens:

  • Ranking da plataforma PenseRico, mostrando sua colocação no ranking.

  • PSBe, mostrando o potencial de valorização.

  • Crescimento do lucro liquido no último ano

  • FCD, mostrando o potencial de valorização (usei 8% p/ todas as empresas).

  • Resultado, sendo o valor “Total” a classificação com base na soma de cada item, qto menor mais atrativo.

eletrico

Tivemos um empate na primeira posição em atratividade, entre CPLE, TRPL e ENBR.
Mas pelo conjunto da obra, ENBR apresentou todos os itens da classificação elevados (TRPL e CPLE cresceram bem menos no último ano), então por este equilíbrio diria que hoje seria a empresa mais atrativa do setor. E mesmo excluindo o efeito não recorrente do lucro de ENBR, esta apresentou um crescimento de 66%. Destaque tb p/ TAEE, que por pouco não ficou empatada em primeiro com as demais.

16 Likes

Avisos de Compra e Venda & Debate Sobre Carteiras
EGIE3 - Engie Brasil
ENBR3 - EDP Energias do Brasil
Avisos de Compra e Venda & Debate Sobre Carteiras
ENGI11 - Energisa
Avisos de Compra e Venda & Debate Sobre Carteiras
Avisos de Compra e Venda & Debate Sobre Carteiras
Avisos de Compra e Venda & Debate Sobre Carteiras
#75

Um material que me ajudou a entender um pouco mais sobre valuation foi o do link aqui postado! Espero que ajude, pelo menos os mais leigos como eu!

http://ebooks.pucrs.br/edipucrs/fib/valuation/fundamentos-1.html

4 Likes

#76

Tens alguma posição acerca de ENEV3, esse resultado de 2018 e o crescente crescimento do EBIT e o desconto dela ficaram interessantes.

0 Likes

#77

Os ebooks da Suno estão disponíveis para download gratuito por tempo limitado

1 Like

#78

Não acompanho.

1 Like

#79

Estou tentando apurar o PSBe de bancos, mas os resultados são incoerentes:

Alguém consegue identificar o que estou fazendo de errado e apontar o caminho? Com empresas de outros ramos a planilha funciona perfeitamente bem.

[ ]'s a todos
Cuervo

1 Like

#80

Olhando rapidamente, acredito que todos os valores estão faltando mais 3 zeros.
Ex: o lucro de ITUB em 2018 foi de 25B, e não 25M.
Só o numero de ações está na casa decimal certa.
Outra alternativa seria se vc cortar três zeros do numero de ações, já deve corrigir.

2 Likes

#81

Fez sentido, obrigado!

1 Like

#82

@cadu me tira uma dúvida por favor. Como vc determina a taxa de perpetuidade a ser aplicada no calculo ? de onde vc tira a taxa de 0% ou 1/2/3% para perpetuidade ?

1 Like

#83

Aqui explica melhor:
https://cavalcanteassociados.com.br/calculo-da-perpetuidade-com-e-sem-crescimento/

2 Likes

#84

Para ser sincero quanto mais eu leio esse artigo mais confuso eu fico. Tem algum “macete”, dica ou algo do tipo para eu saber qual % eu devo usar na perpetuidade ? ou eu devo fazer vários cálculos comparativos com perpetuidades distintas, um com perpetuidade 0, outros com perpetuidade acima de 0 ? Eu posso presumir que se o patrimonio liquido esta aumentando todo ano, sendo superior ao do ano anterior que a perpetuidade será superior a 0 ?

1 Like

#85

Brother, em geral usamos a projeção do PIB Brasileiro (2,5% a 3%) ou então a do PIB setorial da ação que estás analisando. Costumo conferir as projeções que o BNDES publica.

5 Likes

#86

Foi meu erro no início… kkkk

0 Likes